OUTROS-OLHARES_EVENTO-1920x1007-e1635690994490.jpg

Outros Olhares

Primeiro foi o “novo normal”, e agora é o “regresso à normalidade”. E ainda nem tivemos o tempo necessário e imprescindível para assimilar a inerente estranheza destas expressões tão curiosas que repentinamente vieram assaltar o nosso quotidiano. Teremos estado assim tão inundados pela constante torrente de “notícias”, “opiniões” e variadas outras reações oferecidas pelos novos meios, aos quais temos a desfaçatez de encarar enquanto “comunicação”, para não nos termos apercebido do comodismo com que medimos toda e qualquer realidade, por mais espantosa que seja, através do confortável conceito de “normal”? E se sim, como observar de facto essa normalidade a que estamos a regressar?

Até o mais desatento dos entes viventes terá reparado que também o cinema tem percorrido a sua senda de retorno à normalidade: estamos em pleno processo de reabertura das salas – uma ecologia sem a qual o mesmo não faz sentido – e é uma satisfação constatar não apenas o afluxo de bastante público às referidas, mas também o surgimento de filmes que refletem, direta ou indiretamente, acerca da importância de preservar esta arte no seio do seu dispositivo mais “clássico”, justamente aquele do qual estivemos quase privados durante o último ano e meio. Dune (Denis Villeneuve, 2021) é talvez o indício mais sedutor desta reflexão, em grande medida por se apresentar como uma experiência cujo verdadeiro efeito só se plenifica na sala de cinema.

Mas alguém ainda tinha dúvidas de que este cinema, a que vulgarmente se chama “de massas”, conseguiria reerguer-se sem dificuldades de maior? A verdadeira apreensão – e não há problema em afirmá-lo – era, antes, se uma crise tão profunda como a que nos acometeu viria a abalar, ou mesmo a embargar, a possibilidade de continuarem a surgir outros olhares cinematográficos sobre o mundo que nos rodeia. E felizmente foi-nos possível constatar que os mesmos perseveram, tão poderosos como têm sido. E por isso a Seleção Outros Olhares da edição de 2021 dos Caminhos do Cinema Português vem novamente, e orgulhosamente, apresentar ao público uma amostra notável de outros olhares significativos da produção cinematográfica nacional mais recente, que agrega desde reflexões sobre grandes figuras da cultura nacional (cinematográfica, nas não só) a meditações fílmicas sobre a nossa vida, memória e História, sempre com um ponto de vista insólito, inesperado e heterogéneo, recorrendo aos formatos da ficção, do documental ou da docuficcção. Porque olhar a vida, desde logo através do cinema, exige fatalmente um olhar amplo, abrangente e múltiplo, que entenda a normalidade como algo que por vezes pode – e que deve – transgredir a norma(lidade). Quem quer que deseje refletir sobre a normalidade circundante, esteja ela mais próxima ou (aparentemente) mais distante da norma, faça a si mesmo o favor de aceitar o desafio desta programação que terá lugar na Casa do Cinema de Coimbra entre os dias 7 e 12 de novembro.

Bruno Fontes

Outros Olhares,Caminhos do Cinema português,novo normal

Programação 'Outros Olhares'

A secção competitiva Outros Olhares representa um espaço reservado a outros olhares sobre a prática e o exercício cinematográfico promovendo o derrube do cânone e a procura de novas linguagens.

Dia Data Local Horas Título Realização Produtora Duração Categoria
Domingo 07 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 O Ofício da Ilusão Cláudia Varejão Cláudia Varejão 6’0” Documentário
Domingo 07 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Timkat Ico Costa Terratreme 13’0” Documentário
Domingo 07 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Mulher como Árvore Flávio Ferreira, Helder Faria, Alejandro Vázquez, Carmen Tortosa, Daniela Cajías Fado Filmes 17’37” Documentário
Domingo 07 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Mudança Welket Bungué Kussa Productions, co-produção TBA 27’14” Documentário
Domingo 07 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Diálogo de Sombras Júlio Alves Júlio Alves 65’0” Documentário
Segunda 08 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 A Terra do Não Retorno Patrick Mendes O Som e a Fúria 20’0” Ficção
Segunda 08 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 O Que Não se Vê Paulo Abreu Uma Pedra No Sapato 23’24” Documentário
Segunda 08 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 A Távola de Rocha Samuel Barbosa Portugal Films 93’9” Documentário
Terça 09 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 E L E O N O R _ Eléonor Silva Eléonor Silva 2’0” Ficção
Terça 09 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Urubu É O Amigo Desconhecido Welket Bungué Kussa Productions, co-produção TBA 17’0” Ficção
Terça 09 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Cassandra de Balaclava Nuno M. Cardoso Take It Easy 27’14” Ficção
Terça 09 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Os Fotocines Sabrina D. Marques Real Ficção 72’28” Documentário
Quarta 10 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Um Quarto na Cidade João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata Filmes Fantasma 5’17” Ficção
Quarta 10 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 No, in my Room Luís Azevedo Luís Azevedo 8’54” Documentário
Quarta 10 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 We Won’t Forget Lucas Elliot Eberl, Edgar Morais Volpana/Welcome Home Love, LLC 13’45” Ficção
Quarta 10 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Meio Ano-Luz Leonardo Mouramateus Satifyin’ Lover 18’55” Ficção
Quarta 10 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 O Casarão Filipe Araújo Blablabla Media 72’55” Documentário
Quinta 11 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Naufrágio Sebastião Varela Hot Chilli Films 14’16” Ficção
Quinta 11 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 As Sombras e os Seus Nomes João Pedro Amorim Tempestade 14’30” Documentário
Quinta 11 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Películas Tiago Resende Tiago Resende 18’0” Documentário
Quinta 11 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Delfos 2020 Eduardo Prado Cardoso Eduardo Prado Cardoso 20’16” Documentário
Quinta 11 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 José-Augusto França – Liberdade Cor de Homem Ricardo Clara Couto Clara Amarela Films 56’30” Documentário
Sexta 12 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 Distopia Tiago Afonso Bando à Parte 61’6” Documentário
Sexta 12 nov. Casa do Cinema de Coimbra 21:45 A Nossa Terra, O Nosso Altar André Guiomar Olhar de Ulisses, Cimbalino Filmes 78’0” Documentário