Notícias

IMG_56672.jpg

Secções Paralelas dos Caminhos promovem o debate e o cinema português

A XXIV edição do Festival Caminhos do Cinema Português decorreu entre os dias 23 de novembro a 1 de dezembro. Para além das sessões principais do festival, os cinéfilos contaram com um Simpósio Internacional. Várias Secções Paralelas como Caminhos Juniores, Juvenis e Seniores no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV), um olhar sobre o cinema mundial, a nova secção “Outros Olhares” e ainda três MasterSessions.

saber mais

PREMIADOS.png

Premiados da XXIV edição

Terminou a 1 de dezembro a XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português. Das cinco equipas de júri; Caminhos, Ensaios, FICC, Imprensa CISION e Público, resultaram 26 premiações dais quais “Cabaret Maxime”, de Bruno de Almeida, foi o filme que mais galardões alcançou, nomeadamente Melhor Banda Sonora, para Manuel João Vieira, Melhor Realização, para Bruno de Almeida, Melhor Direção Artística, para João Torres, Melhor Actor Secundário para John Wentinmiglia e o Grande Prémio do Festival.

Destaque ainda para “Até que o Porno nos Separe” de Jorge Pelicano que na sua primeira exibição alcançou o prémio de Melhor Documentário Universidade de Coimbra e o Prémio do Público Chama Amarela, “Por Tua Testemunha” de João Pupo com os Prémios de Melhor Argumento Adaptado e de Melhor Actor para Fernando Rodrigues, “Aparição”, de Fernando Vendrell, que conquistou os prémios de Melhor Atriz Secundária e Melhor Guarda-Roupa, “Maria”, de Catarina Neves Ricci, com os prémios de Melhor Atriz e Menção Honrosa do Júri FICC, Anteu, de João Vladimiro, premiado com o Prémio Melhor Comunicação e Promoção Ivity Brand Corp. e Melhor Curta-Metragem Turismo do Centro, “Entre Sombras”, de Mónica Santos e Alice Guimarães, Melhor Animação e Menção Honrosa do Júri de Imprensa CISION e, finalmente, para “Terra Franca”, de Leonor Teles, que alcançou os prémios D. Quijote da Federação Internacional de Cineclubes e o Prémio de Melhor Longa-Metragem de Ficção Europcar.

saber mais

MG_0834.jpg

Caminhos são palco de primeiras obras para realizadores

A XXIV edição do festival Caminhos do Cinema Português tem vindo a preencher as telas da cidade. Obras internacionais são exibidas, mas, sobretudo, são as produções nacionais o motivo de celebração. Além disso, esta foi a primeira vez que o festival contou com a presença de um ator internacional: Dominique Pinon. O ator francês fez parte do elenco de “Caminhos Magnétykos” do realizador Edgar Pêra.

Os realizadores são uma parte fulcral de cada produção cinematográfica. O maestro que gere todo o ritmo e sinfonia da orquestra. Os Caminhos são um festival que primam por ser inclusivos, trazendo novos cineastas para o panorama cinematográfico nacional. Como tal, Bruno Gascon, Justin Amorim, Miguel Nunes e Ana Moreira tiveram os seus projetos selecionados e exibidos ao público de Coimbra. O festival prima por ser uma montra para o cinema português e tentar cultivar o seu consumo e gosto no público

saber mais

flyer_encerramento_Página_2.jpg

Cerimónia de Encerramento da XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português

A XXIV edição do festival Caminhos do Cinema Português termina, hoje, dia 1 de dezembro. A Cerimónia de Encerramento vai decorrer no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV), pelas 21h45, com apresentação de Carolina Santos e Diogo Carvalho.

saber mais

IMG_4136.jpg

Cinema influenciado pelo contemporâneo e experimental

A segunda MasterSession promovida pela XXIV edição do festival Caminhos do Cinema Português debateu “Novas Propostas Formais no Cinema Contemporâneo”. Arrancou com algumas histórias partilhadas pelos oradores sobre o estado do cinema português e alguns dos problemas que lhe estão associados. Esta sessão tomou lugar na Sala do Carvão, dia 28, pelas 18h.

saber mais

46998160_762680887426757_5622732916317487104_n.jpg

MasterSession “O valor de uma marca do/no Cinema Português”

“O valor de uma marca do/no Cinema Português” é a temática de reflexão da última sessão de MasterSessions a decorrer amanhã pelas 18 horas na Sala do Carvão situada na Casa das Caldeiras. Discutir de que forma a atração de produções cinematográficas internacionais podem valorizar Portugal e o cinema que por aqui é criado, apresenta-se como as principais questões a serem discutidas.

saber mais

DSC_0375.jpg

Crise no cinema português discutida na Primeira MasterSession

Com várias opiniões e pontos de vista em cima da mesa, assim decorreu a primeira MasterSession da XXIV edição do Festival Caminhos do Cinema Português. Dia 26, pelas 18h, na Sala do Carvão, foi posto em discussão o tema “A representação da crise no cinema português nos festivais de cinema europeus”.

saber mais

CCP-Logo-grande-e1437677706412.png

Comunicado da Direção

Os Caminhos do Cinema Português lamentam que alguns filmes não tenham sido exibidos nas condições ideais e que o espetador não tenha tido a experiência desejada, no entanto, estamos a fazer de tudo para que possam vivenciar as obras tal e qual elas são e como elas foram idealizadas.

saber mais

mastersessions.png

MasterSessions procuram formar e interagir com os públicos

Ensinar, consumir e debater são os três pilares das MasterSessions oferecidas nesta que é a XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português. Com a co-organização do Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas da Universidade de Coimbra (LIPA/UC) vai decorrer nos dias 26, 28 e 30 de novembro, pelas 18 horas, na Sala de Carvão, três sessões com temáticas em torno dos eixos curatorais da programação.

saber mais

Capa.jpg

Apresentação do Catálogo da XXIV Edição

A elaboração de um Catálogo de Cinema, em cada uma das Edições dos Caminhos do Cinema Português, implica um registo material histórico (e assim cronológico) das principais obras produzidas em contexto nacional. Nesta XXIV Edição, apresentamos uma nova publicação que resume todas as atividades realizadas este ano, apresentando as caras e os nomes que marcaram o Cinema Português desde a nossa última edição.

saber mais

13442508_1742089349345690_2842983899217430101_o.jpg

Ação! Começou a XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português

Sábado, dia 24 de novembro, às 21h45, o Teatro Académico Gil Vicente será o palco da Cerimónia de Abertura do festival Caminhos do Cinema Português, com apresentação de Carolina Santos e Diogo Carvalho.

saber mais

31103650301_4d607e4c59_o.jpg

Caminhos levam os Juniores a descobrir o cinema português

Os “Caminhos Juniores”, inseridos na 24ª edição do Festival Caminhos do Cinema Português, têm como principal objetivo aproximar o público infantil, do pré-escolar e do 1º ciclo (das escolas de Coimbra), à 7ª Arte, tendo uma intervenção cívica e humana. A atividade irá decorrer no Teatro Académico Gil Vicente, entre os dias 26 a 30 de novembro, às 10h00 e dia 1 de dezembro às 11h00.

saber mais

46451684_356235061848339_4804856819719602176_n.jpg

Alojamento nos Caminhos do Cinema Português

O Hotel Ibn-Arrik e o Hotel Dona Inês apoiam, pela primeira vez, os Caminhos do Cinema Português. Estas novas parcerias, em conjunto com o Hotel Botânico, representam um apoio logístico significativo à organização do festival pelo alojamento dos convidados, isto é todos os intervenientes trabalham no panorama cinematográfico nacional, sendo a justificação viva para a realização de um dos festivais cinematográficos mais antigos de Portugal.

saber mais

bilhetes_ja_a_venda-2.jpg

Já é possível adquirir os bilhetes para as sessões da 24ª edição dos Caminhos do Cinema Português

A partir de hoje é possível a todos os interessados adquirir bilhetes para todas as sessões do festival através do portal bol, bem como nas bilheteiras da FNAC.

À semelhança do que já acontecia no site do festival é igualmente possível a aquisição de pacotes de sessões, com descontos consideráveis, bem como livre-trânsito pelas 56 sessões programadas de 23 de novembro a 1 de dezembro.

saber mais

30497204084_2022e531b9_o.jpg

Júri da 24.ª edição junta Experiência e Irreverência para julgar os prémios do Cinema Português

As equipas de Júri da 24.ª edição estão oficialmente constituídas. Além do público, quatro equipas de júri com personalidades de relevo da cultura, do cinema e da sociedade em geral, terão a responsabilidade de avaliar e premiar as 121 obras em concurso, para um total de 26 prémios, destacando-se os prémios, oficiais e os técnico artísticos, da Seleção Caminhos onde se definem os principais vencedores de cada edição do festival. Há ainda espaço para a premiação internacional com os Prémios D. Quijote da Federação Internacional de Cineclubes e na Seleção Ensaios.

saber mais