Notícias

23316342_133418787419330_4843277155508046908_n.jpg

Miguel Martins partilha experiências da Pós-Produção de Som

No próximo fim de semana de 28 e 29 de abril os Caminhos do Cinema Português promovem o módulo de Pós-Produção de Som com o Sound Designer e Recording Mixer Miguel Martins. O plano de trabalho para este módulo engloba várias fases deste processo, começando por definições de estrutura de som para cinema, descrição de processo de trabalho e membros de equipa da pós-produção de som. Durante o decorrer do módulo demonstrar-se-á vários exemplos que explicam o processo e mostram resultados de cada etapa de finalização aplicado em situações de referência em filmes concluídos bem como no trabalho desenvolvido ao longo do curso.

saber mais

20180328_15-15-07-sousa-bastos-1.jpg

Que faremos nós com estas imagens?

A oitava edição do curso de cinema “Cinemalogia” entra agora na sua última fase: a pós-produção. Depois da formação teórica, seguiu-se a veia mais prática deste curso de cinema documental, na qual os formandos tiveram a oportunidade de produzir um documentário com base no tema da 20ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, “As casas, oh as casas”.

Concluída a rodagem, a pós produção é a etapa subsequente, pautando-se pelas fases de montagem, edição e finalização, designadamente no que toca ao áudio, à imagem e à correção de cor, contando com a orientação do montador Tomás Baltazar, do colorista Nuno Garcia ou dos designers de som Luís Antero e Miguel Martins. Restam ainda 72 horas de formação, entre os dias 7 e 29 de abril, para conhecer e aprender os vários passos desta fase final da produção de uma obra cinematográfica, conjugando-se o saber teórico com o saber prático aplicado no desenvolvimento de um documentário. Há ainda espaço para estudar os procedimentos e mecanismos inerentes à distribuição de cinema e como se estabelecem os circuitos comerciais e de festival dos filmes.

As inscrições continuam abertas em www.caminhos.info/cinemalogia/inscricao.

saber mais

29354537_1918387941519162_2699619317517200755_o.jpg

“Oh! As Casas” em Documentário

Durante esta semana o curso de cinema “Cinemalogia” promoveu o módulo de realização documental que, com a orientação do realizador Pedro Magano, se propôs materializar filmicamente a proposta da Universidade de Coimbra para esta 20.ª Semana Cultural. Tratando-se de um curso de estrutura modular, o Cinemalogia reúne, a cada edição, um grupo heterogéneo de formandos, com percursos académicos diversos e provenientes de vários pontos do país, unindo-se a profissionais da área do cinema na concretização de um filme.

saber mais

4536.jpg

Gravar, Filmar, Fotografar, Registar!

Chegou a etapa decisiva da oitava edição do Cinemalogia – Curso de Cinema Documental. Durante as primeiras 40 horas deste curso os formandos foram introduzidos às metodologias de investigação e planeamento de uma produção de documentário. As casas, “oh as casas”, são o mote central desta produção e da 20.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, e foi com António Morais e agora com David Badalo e Pedro Magano que os formandos vão dominar as técnicas de produção de imagem e som atendendo à formulação da casa como um dispositivo transitório produtor de memórias e modelador de pessoas. Acha que pode contribuir para esta investigação? Escreva-nos para [email protected]

saber mais

Coimbra_-_Praça_do_Comércio_ou_Praça_Velha-e1521127067244.jpg

Da Teoria à Prática

O curso de cinema documental – cinemalogia – promovido pelos Caminhos do Cinema Português, completa este fim de semana a sua componente teórica com uma viagem guiada por Ricardo Leite pela história do documentário português. A prática documental começa no domingo, 18 de Março, pela captura da imagem com a orientação de António Morais.

saber mais

Cinemalogia-8-Banners-por-módulo-TV-1080p-Recovered-2_Page_01.jpg

Margarida Leitão leciona módulo de História e Linguagem do Cinema

Os formandos serão apresentados à história e teoria do cinema, analisando o desenvolvimento da linguagem e estética cinematográfica, desde a sua origem até à atualidade. Inscrições ainda disponíveis em www.caminhos.info/cinemalogia/inscricao

saber mais

Cinemalogia-8-Banners-por-módulo-03.jpg

Curso de Cinema – Cinemalogia 8 – inicia este fim de semana

Sobre a éfige d’As Casas o curso de cinema – Cinemalogia – procura ensinar os métodos de produção de um documentário. A formação arranca sob a orientação de Catarina Alves Costa dando aos formandos as ferramentas necessárias para Investigação, Escrita e Planeamento da produção.

saber mais

34081912195_4906c660d9_o.jpg

Prolongamento da Campanha de Inscrições até 5 de Março

Considerando o forte interesse na oitava edição do curso de cinema documental Cinemalogia demonstrado nas últimas horas vem a organização prolongar o período de campanha para as inscrições globais possibilitando a inscrição nas 160 horas de formação, por 300€ para estudantes e 400€ para o público geral, até ao dia 5 de março.

Por forma a que nenhum dos inscritos fique prejudicado no seu plano de aprendizagem face a esta alteração os módulos de História e Linguagem do Cinema, com Margarida Leitão, e Estruturas Narrativas, com Daniel Ribas, passam a ser leccionados respectivamente nos dias 14 de Março e 1 de Maio.

saber mais

cinemalogia-8-banner-Website-01.png

Curso de Cinema Documental – Cinemalogia 8

Nesta oitava edição do Curso de Cinema – Cinemalogia os Caminhos do Cinema Português procuraram renovar o seu projecto pedagógico e explorar das fronteiras entre o real e a ficção, entre o cinema documental e o ficcional, isto é o cinema de docuficção. Os objectivos gerais do projecto vão para além da formação de estudantes. Pretende-se, de forma similar às edições anteriores, que o curso seja capaz de produzir uma obra fílmica cuja qualidade lhe permita a participação em eventos cinematográficos de relevo contribuindo para o enriquecimento curricular e profissional dos formandos. Em cento e sessenta horas o curso propõe treze módulos essenciais para a compreensão do diálogo cinematográfico documental.

saber mais

31205736011_8b701ea9f0_o.jpg

Encerramento e Entrega de Prémios a 3 de dezembro

A XXIII Edição do Festival Caminhos do Cinema Português não podia terminar sem um dos momentos altos do evento. A cerimónia de encerramento e respetiva entrega dos prémios são um marco fundamental para o reconhecimento do melhor que se produz no cinema e indústria cinematográfica portuguesa.

E os Caminhos são um evento especial. Mais do que replicar inesgotavelmente uma fórmula, procuramos inovar e reconhecer todos os que procuram promover o Cinema português, técnicos e artistas, e não apenas os filmes. E foi isto que nos moveu, criando programações em ambas as secções competitivas e não competitivas com novas perspetivas e abordagens.

saber mais

pic-anuncio-juri-caminhos-mesmo.jpg

Cerimónia de Abertura da 23.ª edição

Esta ses­são de índole pro­to­co­lar marca o iní­cio for­mal desta XXIII edi­ção. Nela são rece­bi­das todas as enti­da­des envol­vi­das no Fes­ti­val e são nome­a­das em gesto de agra­de­ci­mento. É tam­bém feita uma pequena apre­sen­ta­ção da pro­gra­ma­ção geral do Fes­ti­val e do grupo de jura­dos das mais diver­sas cate­go­rias. Tam­bém marca a estreia em grande écran da curta metra­gem – A Costureirinha – pro­du­zida no âmbito do 6.º curso de cine­ma­lo­gia pro­mo­vi­dos pela orga­ni­za­ção. Há ainda espaço para a música com a actuação do Grupo de Cordas da Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra.

saber mais

caracol-0-docs.png

Iniciam-se os Caminhos do Cinema Português…

Inicia-se hoje a 23ª edição do Festival Caminhos do Cinema Português.Com a cidade de Coimbra como anfitriã, a Seleção Caminhos, uma das vertentes competitivas do festival, anuncia sete dias de cinema português na zona centro, com destaque para os filmes “Quem é Bárbara Virgínia?” e “O Homem de Trás-os-Montes”.

130 é o número de filmes que nos próximos sete dias estarão em exibição no Festival Caminhos do Cinema Português, compreendendo um total de 60 horas de cinema.

A primeira sessão, que inaugura a presente edição dos Caminhos do Cinema Português, tem início às 15 horas, no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), com a exibição de “A Tocadora”, uma animação de Joana Imaginário. Seguem-se os documentários “António e Catarina” de Cristina Hanes, vencedor do Prémio Pardino d’Oro do Festival de Cinema de Locarno, e “Quem é Bárbara Virgínia?” de Luísa Sequeira, sobre a primeira mulher a realizar um filme em Portugal.

Pelas 17h30 tem lugar a segunda Sessão Juvenis. Com realização de Leonor Areal, o documentário “Nasci com a Trovoada – Autobiografia póstuma de um cineasta” serve de homenagem a Manuel Guimarães, o único realizador neo-realista do cinema nacional.

A cerimónia de abertura do festival, com apresentação a cargo de Luís Rodrigues e Sandra José, tem horário marcado para as 21h45, no TAGV, com a apresentação das principais actividades do festival pelo seu Diretor Vítor Ferreira, seguindo-se o visionamento de “A Costureirinha”, produção da sexta edição do curso de cinema – ‘Cinemalogia’.

saber mais

Capa-youtube-72dpi.jpg

Informações Gerais

Os Caminhos do Cinema Português, na sua 23.ª edição, decorrerão de 27 de novembro a 3 de dezembro. A organização compilou toda a informação para que saiba onde e como pode caminhar por estes encontros cinematográficos. Quaisquer esclarecimentos adicionais poderão ser solicitados pelo email [email protected] ou pelo telefone 239 851 069.

saber mais

15196258278_0943c3b024_o.jpg

Apresentação Selecção Ensaios (XXIII)

Começa a ser muito ténue a linha que desarticula aquilo que consideramos cinema produzido em contexto profissional do que é produzido em contexto académico, mas sabemos que aquilo que os une é, sem dúvida, uma qualidade e originalidade surpreendentes.

Assistir às sessões da Selecção Ensaios é sentir o sangue novo que sempre pautou o cinema (independentemente da idade do criador), é ser confrontado com técnicas e diálogos heterogéneos, ideias vanguardistas e inclusivamente conhecer novos intérpretes com performances inesperadas e por isso marcantes.

A Selecção Ensaios é assim um caminhar pelo cinema português e internacional desenvolvido academicamente. Esta aparente dualidade serve de objecto de discussão, fornecendo uma linha invisível de linguagem cinematográfica que une os novos artistas por todo o mundo. É um responder, por vezes quase em jeito de manifesto fílmico, do estado actual das coisas em Portugal e no mundo.

Convidamos todos a percorrer este caminho proposto nesta 23.ª edição, num percurso pelo cinema contemporâneo feito cá e lá fora.

saber mais

15520050086_2f37028644_o.jpg

Livre Trânsito pelos Caminhos do Cinema Português

Já se encontram disponíveis para compra os bilhetes pontuais e de livre-trânsito para a XXIII Edição dos Caminhos do Cinema Português.

O “Livre-trânsito Caminhos” permitir-lhe-á acesso livre a todos os filmes, independentemente da sua Selecção ou Secção competitivas. Desprendendo-se de filas, poderá entrar em qualquer das obras programadas nesta XXIII Edição do festival Caminhos do Cinema Português. Assista a mais de cem filmes, fazendo a sua própria programação baseada nos seus gostos e disponibilidade.

saber mais