Tag caminhos do cinema português

vlcsnap-00010.jpg

As especificidades de uma pós-produção

A especialização nas várias disciplinas participantes no processo de pós-produção é o caminho apresentado pelo curso cinemalogia no mês de junho. Finda a montagem de imagem e som é necessário trabalhar ambas as dimensões na sua especificidade olhando ao potencial diegético presente no material de “Horizonte Artificial”.

Na imagem serão trabalhadas a cor e a sequência de título com a coordenação de Lee Fuzeta, Eduardo Nunes e Pedro Vaz, respectivamente, sendo que no som a Banda Sonora e as Misturas Finais serão abordadas por Luís Pedro Madeira e Emídio Buchinho. Há ainda lugar à preparação da distribuição do filme produzido com os módulos de Tradução e Legendagem, com Paulo Montes, e Marketing Cinematográfico, com Nuno Gonçalves.

O curso findará em Julho oferecendo com a formação em “Branding e Comunicação Visual”, bem como com os módulos complementares dedicados à “Interpretação em Cinema”, “Cinema Científico em Contexto Educativo e Artístico” e “Cinema e Vídeo: Desconstruções Pedagógicas”.

As Inscrições, a partir de 35€ por módulo, estão abertas em permanência em www.caminhos.info/cinemalogia/inscricao.

saber mais

pedroeines2018-still-162-passado_WM.jpg

Caracterização de Personagens

A preparação de uma rodagem faz-se pela preparação de todos os aspectos técnicos e artísticos. No próximo fim-de-semana, 16 e 17 de Fevereiro, abordamos a construção de personagens nos módulos de “Figurinos”, orientado por Silvia Grabowski e Caterina Cucinotta, e Caracterização, orientado por Carlos Gago.

saber mais

51144380_296417054400816_7429050475724406784_n.jpg

Gestão e Conceção de Produções e Direção de Arte no Cinemalogia

Após a escolha do argumento é tempo de fazer o planeamento da produção compreendendo as competências da direção artística de forma a poder passar para uma correta e adequada fase de pré-produção da curta metragem. A 9 de fevereiro, Luís Alvarães irá orientar os formandos quanto à Gestão e Conceção de Produções e a 10 de fevereiro é a vez de Luísa Bebiano Correia ficar encarregue por explicar o papel da Direção da Arte. As inscrições, a partir de 30€ por módulo, estão abertas em permanência.

saber mais

Praça-Paris-Joana-de-Verona_Marco-Antonio.jpg

Antevisão 29 Novembro

Ao sexto dia dos Caminhos do Cinema Português chega o dia em que serão exibidas três longas e uma curta-metragem.

Ao início da tarde a selecção oficial estará representada pela curta-metragem Descobrindo a Variável Perfeita, de Rafael Almeida naquela que será uma incursão a um universo muito particular e com alguns elementos “Andersonianos”, a qual será seguida pela longa-metragem Soldado Milhões, de Gonçalo Galvão Teles num retrato do herói português da Primeira Guerra Mundial agora que cumpre o seu centenário.

Ao final da tarde será exibida a longa-metragem Lovers on Borders (Amantes na Fronteira), uma co-produção luso-nipónica realizada por Atsushi Funahashi e que centra a sua dinâmica em dois espaços temporais distintos mas com elementos históricos que os unem… tal como às suas personagens.

E finalmente, a sessão da noite irá apresentar Praça Paris, de Lúcia Murat, uma co-produção luso-brasileira protagonizada por Grace Passô e Joana de Verona num estudo abordagem à violência e à sua directa influência no indivíduo.

saber mais

sombraluminosaa.jpg

Antevisão do dia 26 de Novembro

Com a chegada do terceiro dia do Caminhos do Cinema Português chegam também três dinâmicos blocos de cinema cujas obras apresentadas se interligam. No primeiro serão exibidos Sombra Luminosa, de Francisco Queimadela e Mariana Caló, Quantas Vezes tem Sonhado Comigo?, de Júlia Buísel e O Homem Pykante – Diálogos Kom Pimenta, de Edgar Pêra num registo que aproxima o homem e a sua obra ou, mais concretamente, do Centro Internacional das Artes José de Guimarães, os pensamentos e os espaços de Fernando Pessoa e finalmente a poesia de Alberto Pimenta.
Num segundo bloco, os Caminhos apresentam um conjunto de obras centradas em tempos idos – pela sua componente artística ou mesmo pela abordagem os tempos pré-25 de Abril com as obras Entre Sombras, de Alice Eça Guimarães e Mónica Santos, Nevoeiro, de Daniel Veloso e ainda A Casa, de Rui Simões.
Finalmente, no último bloco da competição oficial, exibido no Teatro Académico Gil Vicente, a temática das obras apresentadas prende-se com o indivíduo e a comunidade explorando momentos de um interior profundo através da animação, a perspectiva singular de alguém pertencente ao Bairro do Aleixo e, finalmente um membro de uma comunidade piscatóra e a sua próxima relação com o rio e com a terra nas obras Agouro, de Vasco Sá e David Doutel, Russa, de João Salaviza e Ricardo Alves Jr. e Terra Franca, de Leonor Teles.

saber mais

31105719707_db33edf0aa_k.jpg

Mensagem do Diretor

Próximos do Jubileu que com certeza marcará a vida deste evento, orgulhamo-nos de trazer a Coimbra de forma ininterrupta e contínua o melhor do que se faz no cinema português. Consideramos que ao longo de 24 edições alcançamos um equilíbrio programático que reflete todos os géneros e feitios que caracterizam a produção de cinema no país, procurando de forma equitativa dar-lhe um espaço e públicos, que anseiam por ele, ou que lhes permite a descoberta do mesmo. Sem seccionismos, elitismos ou proselitismos tentamos manter coerente a identidade que nos caracteriza desde sempre: mostrar todo o cinema português.

saber mais

Carga-sara_sampaio_1.1.7.jpg

Antevisão do dia 25

Com o segundo dia do Caminhos do Cinema Português chegam as reflexões do cinema nacional sobre algumas problemáticas internacionais ou perspectivas internacionais que estão directamente relacionadas com a realidade portuguesa.

saber mais

46822476_197475144526605_6207687460369989632_n.jpg

Cerimónia de abertura dos 24 Caminhos: da comédia ao drama

Nesta primeira noite da 24ª Edição de “Caminhos do Cinema Português”, o ponto de encontro foi o Teatro Académico Gil Vicente (TAGV). Com as portas abertas ao público, não demorou muito até que a multidão começasse a convergir para o que seria o início de um belo serão. De estudantes a profissionais, dos mais curiosos aos mais experientes, o festival acolheu, de braços abertos, cinéfilos de todas as idades. Da mesma forma, a sétima arte viria, como se percebeu pelo ambiente vivido, a ser acarinhada por todos os seus amantes que por cá passaram. Acabada de chegar à cidade dos estudantes, sua velha conhecida de edições anteriores, a magia do cinema português voltou a fazer-se notar.

saber mais

CAMINHOS-MAGNETYKOS-still-1.jpg

Antevisão do dia 24

Começou a XXIVª edição do Caminhos do Cinema Português, o mais antigo festival de cinema do país dedicado, na sua matriz, à divulgação do cinema nacional e que terá mais uma vez lugar no TAGV – Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra e que irá durar até ao próximo dia 01 de Dezembro data na qual serão conhecidos todos os vencedores da edição.

saber mais

13442508_1742089349345690_2842983899217430101_o.jpg

Ação! Começou a XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português

Sábado, dia 24 de novembro, às 21h45, o Teatro Académico Gil Vicente será o palco da Cerimónia de Abertura do festival Caminhos do Cinema Português, com apresentação de Carolina Santos e Diogo Carvalho.

saber mais

31103650301_4d607e4c59_o.jpg

Caminhos levam os Juniores a descobrir o cinema português

Os “Caminhos Juniores”, inseridos na 24ª edição do Festival Caminhos do Cinema Português, têm como principal objetivo aproximar o público infantil, do pré-escolar e do 1º ciclo (das escolas de Coimbra), à 7ª Arte, tendo uma intervenção cívica e humana. A atividade irá decorrer no Teatro Académico Gil Vicente, entre os dias 26 a 30 de novembro, às 10h00 e dia 1 de dezembro às 11h00.

saber mais

estudantes-uc.jpg

Parceria com os SASUC permite a estudantes bolseiros livre trânsito no Festival Caminhos

A 24ª edição do festival Caminhos do Cinema Português, que ocorre em Coimbra entre 23 de novembro e 1 de dezembro, vai contar com a parceria dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC).

Uma das vantagens desta parceria irá afetar, positivamente, os estudantes bolseiros DGES/SASUC interessados no festival. Os SASUC irão facultar acesso gratuito a todas as seleções, para os estudantes bolseiros DGES/SASUC, mediante a apresentação de comprovativo. Para fazer o pedido de inscrição os estudantes devem deslocar-se ao secretariado do Festival na sala do CEC (Centro de Estudos Cinematográficos), no 1º piso da Associação Académica de Coimbra, com a presença do devido comprovativo, a partir de dia 19 de novembro.

saber mais

publicidade_alto_patrocinio_insta.png

Alto-Patrocínio da Sua Excelência o Presidente da República e de Sua Excelência o Presidente da Assembleia da República

O cinema desde a sua origem que se afirmou como uma actividade social e colectiva. As imagens em movimento são capazes de modelar indivíduos e sociedades, de perdurar hábitos e costumes, de fixar memórias, património, de materializar o imaterial. É uma matéria feita de sonho e do real. Pelo seu papel cultural, cabe ao Estado representar e apoiar esta actividade cultural que tanto tem contribuído para o desenvolvimento humano e o estreitar de laços culturais.

Destarte, é com enorme orgulho que os Caminhos podem contar, pela 18ª vez consecutiva, com o Alto-Patrocínio de Sua Excelência o  Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

De igual forma, a Presidência da Assembleia da República tem concedido o seu Alto-Patrocínio desde 2011. Nesta 24.ª edição, o Dr. Eduardo Ferro Rodrigues, Presidente da Assembleia da República, voltou a conferir-nos esta distinção.

saber mais

44237945_602959406785551_2120381094397214720_o.jpg

“A Costureirinha” leva os seus botões até ao festival Ymotion

“A Costureirinha”, curta-metragem produzida no âmbito da 6.ª edição do Curso de Cinema – Cinemalogia, continua a viajar pelo circuito de festivais. Desta vez, leva os seus botões até Famalicão, integrando a lista da Seleção Oficial da 4ª edição do Ymotion – Festival de Cinema Jovem de Famalicão, organizado pelo Pelouro da Juventude do Município de Vila Nova de Famalicão.

O festival decorre de 3 a 10 de novembro, na Casa da Juventude, Casa de Esmeriz e no Grande Auditório da Casa das Artes, em Vila Nova de Famalicão. “A Costureirinha” será exibida no dia 7 de novembro, pelas 14h30, na Casa da Juventude e a entrada é livre. 

saber mais

publicidade_europcar_insta-cópia.jpg

Europcar viaja pelos Caminhos do Cinema Português e premeia a Melhor Longa Metragem.

A Europcar em Portugal renova a parceria de apoio com os Caminhos do Cinema Português tornando-se o veículo oficial da maior festa da filmografia nacional. Depois de na XX Edição do Festival (2014) ter atribuído o Prémio de Melhor Realizador a Jorge Pelicano, com “Pára-me de Repente o Pensamento”, a Europcar em Portugal dá agora o Prémio à Melhor Longa Metragem nesta XXIV Edição. Entre os filmes a que nos últimos anos foram atribuídos o Prémio Melhor Longa Metragem, destacam-se “É o Amor” de João Canijo (2014), “Yvone Kane” de Margarida Cardoso (2015), “Cartas da Guerra” de Ivo M. Ferreira (2016) e “António Um Dois Três” de Leonardo Mourameteus, premiado na último edição.

saber mais