Tag Marco Amaral

PREMIADOS.png

Premiados da XXIV edição

Terminou a 1 de dezembro a XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português. Das cinco equipas de júri; Caminhos, Ensaios, FICC, Imprensa CISION e Público, resultaram 26 premiações dais quais “Cabaret Maxime”, de Bruno de Almeida, foi o filme que mais galardões alcançou, nomeadamente Melhor Banda Sonora, para Manuel João Vieira, Melhor Realização, para Bruno de Almeida, Melhor Direção Artística, para João Torres, Melhor Actor Secundário para John Wentinmiglia e o Grande Prémio do Festival.

Destaque ainda para “Até que o Porno nos Separe” de Jorge Pelicano que na sua primeira exibição alcançou o prémio de Melhor Documentário Universidade de Coimbra e o Prémio do Público Chama Amarela, “Por Tua Testemunha” de João Pupo com os Prémios de Melhor Argumento Adaptado e de Melhor Actor para Fernando Rodrigues, “Aparição”, de Fernando Vendrell, que conquistou os prémios de Melhor Atriz Secundária e Melhor Guarda-Roupa, “Maria”, de Catarina Neves Ricci, com os prémios de Melhor Atriz e Menção Honrosa do Júri FICC, Anteu, de João Vladimiro, premiado com o Prémio Melhor Comunicação e Promoção Ivity Brand Corp. e Melhor Curta-Metragem Turismo do Centro, “Entre Sombras”, de Mónica Santos e Alice Guimarães, Melhor Animação e Menção Honrosa do Júri de Imprensa CISION e, finalmente, para “Terra Franca”, de Leonor Teles, que alcançou os prémios D. Quijote da Federação Internacional de Cineclubes e o Prémio de Melhor Longa-Metragem de Ficção Europcar.

saber mais

palmas-emblemas_caminhos-01.png

Seleção Caminhos (2018)

Programar é um dos passos finais desta “mise-en-scène”, onde se vê tudo e se mostra parte de acordo com quem vai ver. Nesta XXIV Edição do festival Caminhos do Cinema Português, continuamos a acreditar que os criadores cinematográficos devem ser sempre equiparados aos autores de todas as outras artes já historicamente estabelecidas e por isso tratados com o mesmo cuidado e consideração. Seja qual for o seu formato, género, localidade ou até suporte financeiro, seremos sempre um catálogo vivo das principais manifestações audiovisuais que marcaram o ano desde a nossa última edição.

saber mais

2016-03-20_17.42_Em-Paragem-Rodagem-Dia-1-cinemalogia-em-paragem-Manuel-Pinto-Barros-Nuno-Rocha-Pedro-Adamastor-Rodagem_©-Vanessa-Gomes-CCP.jpg

Cinema Conimbricense volta a dar cartas

Após a sua exibição na 6ª edição do Festival “Primavera do Cine” no passado mês de maio em Vigo, a curta-metragem “Banho de Paragem” foi selecionada para a 9ª edição do “International Inter University Short Film Festival” em Bangladesh.

O Festival organizado pela “Dhaka University Film Society” que teve início no presente mês decorre até dia 13 de setembro, data em que serão entregues os prémios para melhor curta e melhor Realizador.

A curta, realizada no âmbito da 5ª edição do curso de Cinema “Cinemalogia” e da 18ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, é uma das 200 obras selecionadas para o festival sendo que, segundo dados fornecidos pela organização, foram submetidos no total 1700 filmes originários de 96 países diferentes.

saber mais

Cartaz-Banho-de-paragem.jpg

Banho de Paragem está no festival Primavera do Cine em Vigo

Banho de Paragem, produzido no âmbito da 5.ª edição do Curso de Cinema – Cinemalogia – e da 18.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, foi seleccionado para a 6.ª edição do Festival Primavera Do Cine!

Esta curta-metragem é a vertente visível de todo o um ano de aprendizagem representando o conjunto dos saberes apreendidos pelos formandos do curso. Resulta não só do afinco destes, mas também da colaboração da cidade e da população de Coimbra que através de uma panóplia de parcerias e ajudas nos possibilitou a feitura deste filme. O grupo de formandos da 5.ª edição do curso de cinema Cinemalogia irá competir directamente contra nomes já consagrados do cinema lusófono como Ricardo Leite, Thiago B. Mendonça, João Salaviza ou Tiago Rosa-Rosso, bem como os realizadores galegos como Carlos A. Quirós, Eva Alonso, Carmen Ruiz ou David Vega F., entre muitos outros.

saber mais

Cinemalogia-abril.jpg

Montagem de Som e Imagem

Em abril começámos o percurso final da produção de uma obra cinematográfica. A pós-produção engloba o tratamento de todos os brutos de som e imagem produzidos ao longo de uma rodagem. Nesta fase é essencial a organização de todo o material imagético e sonoro bem como a consistência estética de toda a obra.

saber mais

cinemalogia1.png

Inscrições Abertas para a 5ª edição do Cinemalogia

Informamos que se encontram abertas as inscrições para a V edição do Curso de Cinemalogia organizado pelo Festival Caminhos do Cinema Português. Em colaboração com a Universidade Aberta, trata-se de um curso de iniciação à realização cinematográfica ministrado por profissionais do sector. As inscrições para o curso completo decorrem até 20 de novembro e estão limitadas a um máximo de 25 participantes.

saber mais