Tag pedro magano

IMG_7212.jpg

Penúltimo dia de Festival com Elenco de todas as Idades

A um dia do festival de cinema português terminar, o TAGV (Teatro Académico Gil Vicente) recebeu de braços abertos, na sessão das 17h30, mais duas curtas metragens e uma longa, “Por Tua Testemunha”, de João Pupo, “Luana”, de Pedro Magano e “Mariphasa”, de Sandro Aguilar.  No final o elenco e realizador de “Luana” conversou com o público sobre o ambiente nas filmagens e algumas curiosidades.

saber mais

palmas-emblemas_caminhos-01.png

Seleção Caminhos (2018)

Programar é um dos passos finais desta “mise-en-scène”, onde se vê tudo e se mostra parte de acordo com quem vai ver. Nesta XXIV Edição do festival Caminhos do Cinema Português, continuamos a acreditar que os criadores cinematográficos devem ser sempre equiparados aos autores de todas as outras artes já historicamente estabelecidas e por isso tratados com o mesmo cuidado e consideração. Seja qual for o seu formato, género, localidade ou até suporte financeiro, seremos sempre um catálogo vivo das principais manifestações audiovisuais que marcaram o ano desde a nossa última edição.

saber mais

29354537_1918387941519162_2699619317517200755_o.jpg

“Oh! As Casas” em Documentário

Durante esta semana o curso de cinema “Cinemalogia” promoveu o módulo de realização documental que, com a orientação do realizador Pedro Magano, se propôs materializar filmicamente a proposta da Universidade de Coimbra para esta 20.ª Semana Cultural. Tratando-se de um curso de estrutura modular, o Cinemalogia reúne, a cada edição, um grupo heterogéneo de formandos, com percursos académicos diversos e provenientes de vários pontos do país, unindo-se a profissionais da área do cinema na concretização de um filme.

saber mais

4536.jpg

Gravar, Filmar, Fotografar, Registar!

Chegou a etapa decisiva da oitava edição do Cinemalogia – Curso de Cinema Documental. Durante as primeiras 40 horas deste curso os formandos foram introduzidos às metodologias de investigação e planeamento de uma produção de documentário. As casas, “oh as casas”, são o mote central desta produção e da 20.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, e foi com António Morais e agora com David Badalo e Pedro Magano que os formandos vão dominar as técnicas de produção de imagem e som atendendo à formulação da casa como um dispositivo transitório produtor de memórias e modelador de pessoas. Acha que pode contribuir para esta investigação? Escreva-nos para [email protected]

saber mais

cinemalogia-8-banner-Website-01.png

Curso de Cinema Documental – Cinemalogia 8

Nesta oitava edição do Curso de Cinema – Cinemalogia os Caminhos do Cinema Português procuraram renovar o seu projecto pedagógico e explorar das fronteiras entre o real e a ficção, entre o cinema documental e o ficcional, isto é o cinema de docuficção. Os objectivos gerais do projecto vão para além da formação de estudantes. Pretende-se, de forma similar às edições anteriores, que o curso seja capaz de produzir uma obra fílmica cuja qualidade lhe permita a participação em eventos cinematográficos de relevo contribuindo para o enriquecimento curricular e profissional dos formandos. Em cento e sessenta horas o curso propõe treze módulos essenciais para a compreensão do diálogo cinematográfico documental.

saber mais

SÉNIORES2016.11.12-21.37.11-1.jpg

Caminhos Seniores

Os Caminhos do Cinema Português conscientes de que, nos dias de hoje, é cada vez mais difícil encontrar iniciativas em que este segmento da população possa participar, apresentam a secção paralela “Caminhos Séniores”. Acreditamos que esta iniciativa é uma mais-valia para o festival que, para além de uma componente cultural, também tem um papel importante de cariz social e de integração na sociedade.

saber mais

sel-caminosArtboard-1.jpg

Apresentação da Seleção Caminhos

Todos os anos nos são apresentados novos tipos de desafios aquando da selecção e programação do cinema criado no nosso país. Mesmo recebendo apenas aquelas obras que foram produzidas depois da nossa última edição, vemos que anualmente o fluxo de inscrições tem sido constante e muito diverso.

Apesar de acreditarmos que nem tudo o que se mexe em ecrã deva ser considerado cinema, todas as inscrições são colocadas ao mesmo nível de análise, desprendendo-nos de critérios formais (como o autor ou a produtora) e ansiando pela criação de momentos cinematográficos em sala. Esses momentos vêm de fora para dentro, pois tudo dentro de nós é movimento que – devidamente inspirado – nos leva a escapar os limites físicos desta realidade, criando o filme uma nova foprma de existir que, como é interior, é só nossa.

saber mais

11.png

Sessão dedicada ao Cinema Nacional na Casa do Professor

Em Braga iremos participar numa noite inteiramente dedicada ao cinema, que contará com a presença de Vítor Ferreira, diretor do Festival Caminhos do Cinema Português e Pedro Magano, realizador do documentário “Irmãos”. Da programação farão parte duas curtas metragens produzidas no âmbito do Curso de cinema Cinemalogia ‘da ideia ao filme’, Paloma e Nunca é Tarde, e posterior exibição do documentário Irmãos vencedor do Grande Prémio ‘Portugal Sou Eu’ do festival Caminhos do Cinema Português.

saber mais

MG_0702-3.jpg

Palmarés dos XXI Caminhos do Cinema Português

E, ao sétimo dia, o Caminhos do Cinema Português anuncia os vencedores da XXI edição do festival. Os vários júris do certame reuniram e chegaram a conclusões sobre quais os filmes merecedores de distinção na edição deste ano. Recordamos que o Caminhos Film Festival tem quatro painéis de júris distintos que premeiam diversas metragens e categorias técnicas.

saber mais