Tag brasil

SELECAO-ENSAIOS_EVENTO-1042x547.jpg

Seleção Ensaios

A Seleção Ensaios debruça-se, como é seu apanágio, no que de melhor se fez em contexto académico no último ano.

Será curioso observar a crescente preocupação dos estudantes de cinema por temas abertamente políticos, como o crescimento da nova extrema-direita ou as alterações climáticas e as suas consequências potencialmente catastróficas.

O contexto de produção dos filmes apresentados nesta Seleção, devido às contingências dos últimos dois anos, é também um motivo de especial interesse: constata-se que os jovens autores, sejam nacionais ou internacionais, encontraram soluções equilibradas e esteticamente interessantes, absorvendo as dificuldades em novas soluções narrativas, em novas ideias de Cinema.

Nota também para a presença, pela primeira vez, de três filmes realizados por estudantes de Coimbra, consequência do crescimento da atividade cinematográfica, a todos os níveis, na cidade. Numa altura em que os jovens reclamam mais presença no locais de decisão, a Seleção Ensaios é uma boa oportunidade para ouvir a sua voz.

saber mais

LUSOFONIA_posts-EVENTO-1920x1007-e1635690971907.jpg

Filmes da Lusofonia

O Festival Caminhos do Cinema Português abriga numa das suas mostras uma seleção dedicada ao cinema produzida pela comunidade lusófona.

Num ano marcado pelas inúmeras dificuldades decorrentes da pandemia, que atingiu o sector cultural com imensa força, encontram-se entre as selecionadas, produções, cuja riqueza e variedade, enaltecem a cultura dos países de língua portuguesa, trazendo à luz, sejam personagens de histórica importância ou gente simples, do povo, documentários com poder de denúncia ou ficções, histórias originais, histórias adaptadas de autores consagrados, animações, um festim não só para os assumidamente cinéfilos, senão que também um convite ao conhecimento do movimento cinematográfico que existe na comunidade que partilha a maior das identidades: a língua portuguesa como espaço simbólico de identificação nos processos socioculturais e históricos abordados nas películas.

saber mais

CCC-capa-Outubro-1813x1208.jpg

Outubro na Casa do Cinema

Entrando no seu sexto mês de funcionamento, a Casa do Cinema de Coimbra tem progressivamente apresentado um leque maior de propostas cinematográficas. Neste mês de Outubro trazemos 33 sessões que, no conjunto da curadoria do Festival Caminhos Cinema Português, Centro de Estudos Cinematográficos, Fila K Cineclube e Nitrato Filmes, conjugam o cinema patrimonial com diferentes correntes autorais contemporâneas.

Nesse sentido são promovidos 3 novos ciclos: a “3.ª Mostra Programa!Ação”; “Educar para o Desenvolvimento Sustentável”; e, “Nova Geração de Realizadoras Brasileiras”, enquanto continuamos a promover a exibição do importante documentário de Mark Cousins “As Mulheres Fazem Cinema!”, bem como a Matiné Infantil, agora em dose dupla, no 3.º sábado de cada mês. Como novidades neste mês anunciamos ainda a Extensão Universitária do Festival Cinanima e ainda a exibição em estreia nacional de “Dune”, de Denis Villeneuve.

A Casa do Cinema de Coimbra, desde maio até ao final do mês de Setembro, já promoveu mais de sessenta sessões de cinema, tendo passado pela nossa sala dois mil espectadores. Com o arranque de um novo ano lectivo acreditamos que o reflexo da projeção na tela revelará muitas caras novas.

saber mais

BigBandRags-scaled.jpg

Destaques de 30 de Novembro

Chegados ao último dia da XXV edição do Festival Caminhos do Cinema Português, o Teatro Académico Gil Vicente será palco de uma cerimónia de encerramento às 21h:45 com a participação da banda RAGS da Tuna Académica da Universidade de Coimbra.

A Big Bang Rags surgiu no seio da Tuna Académica da Universidade de Coimbra em 1995, pela mão do seu então director artístico André Granjo. Consistindo originalmente num grupo de Ragtime com cerca de dez músicos, ao longo dos anos foram-se juntando mais elementos e foi gradualmente surgindo o formato de Big Band, formalizado em 1999, e que se mantém até hoje. Conhecida pelo seu estilo irreverente e pelo entusiasmo em palco, a Big Band Rags hoje dedica-se maioritariamente ao jazz e à música ligeira, incluindo ainda no seu repertório alguns êxitos do funk, soul e da música portuguesa.

Este evento contará com a entrega de prémios aos filmes em competição, estando presentes os jurados do festival, os vencedores e vários ilustres do panorama do cinema nacional.

Destaque para a carta branca a João Salaviza com uma sessão especial às 15h00 no Mini-Auditório Salgado Zenha. Lotação muito limitada. 

saber mais

Flutuar-Img-Pst.jpg

Além Variações, sexta é o dia da comunidade LGBTI+!

As exibições com abordagens às temáticas  LGBTI+, começam na quinta-feira, dia 29 de novembro. António Joaquim Rodrigues Ribeiro é o protagonista e dá pelo nome de António Variações. Um ícone da música portuguesa e um dos primeiros portugueses a assumir-se como homossexual, deixou marcas e abriu caminhos a várias gerações de artistas. Um filme biográfico que levou mais de 15 anos a estar de pé, pelo realizador João Maia. As perguntas e respostas desta sessão são moderadas por Sandra Bettencourt.

saber mais

47576227_2267589683265651_8246724202053238784_o.jpg

Sessões Queer

Os Caminhos primam como festival de cinema pela inclusão de todas as correntes de produção do cinema português.. Olhando à representação no ecrã das demais comunidades programaram-se um conjunto de sessões em que as temáticas LGBTI+ são protagonistas. Com as crescentes manifestações e a capacidade de auto-afirmação enquanto comunidade, que deve ser contemplada com direitos e tratamentos iguais, o festival traz ao público filmes que abordam a temática. Através de uma pluralidade temática e artística, vão ser transmitidos filmes que trabalham, desde questões de género e de orientação sexual, até tópicos sobre o corpo e a identidade. Assim, esperamos que os nossos caminhos se cruzem. As sessões com esta temática ocorrem na Quarta, 27 de Novembro, às 17:30 na Seleção Ensaios nos Cinemas NOS Alma Shopping, e Sexta, 29 de Novembro, às 17:30, na Selecção Ensaios nos Cinemas NOS Alma Shopping, 21:45 na sessão da Seleção Caminhos no TAGV e às 22:00 nos Caminhos Mundiais exibidos no Mini-Auditório Salgado Zenha.

saber mais

Destaques de 25 de Novembro

O Teatro Académico Gil Vicente recebe, no dia 25 de novembro, às 21h45, “O Mar Enrola na Areia”, de Catarina Mourão, que conta a história de ‘Caititinha’. De barbas brancas e apito, vagueava e atraía crianças do areal, pelas praias portuguesas, nos anos 1950, e “Prazer, Camaradas”, de José Filipe Costa, um documentário sobre a vida no Ribatejo após o 25 de abril.

Antes, às 17h30, a realizadora Luísa Homem irá apresentar Suzanne Daveau, um documentário em torno da geógrafa franco-portuguesa que traça o esboço de uma mulher aventureira que atravessa o século XX, até aos dias de hoje, guiada pela paixão da investigação geográfica. O filme circula entre os inúmeros espaços-mundo percorridos pela geógrafa e os reservados espaços-casa que acolheram a sua vida privada.

saber mais