Programação

771183ca-00ff-4e73-b937-d8a590f89aec.jpg

Crónicas da Programação – II

Conseguimos extrair, através da análise dos filmes produzidos em certa época, o estado actual das coisas. O cinema português pode funcionar como um género de manifesto cultural contra as coisas nefastas da situação estagnada do nosso país.

saber mais

I1.jpg

Crónicas da Programação – I

Os Caminhos começam a ser percorridos nesta XXI edição no Auditório do Conservatório de Música de Coimbra. Para o nosso festival, cinema não deve ser apenas mostrado para ser visto e ouvido, mas também tem de fornecer a semente ideal necessária para estimular o nascimento de novas obras.

saber mais

10819524_10204920983162693_2114830256_o-e1416586840567.jpg

Crónicas de Programação – VIII

A esperança e amor são dois sentimentos que, aliados, tornam possível todas as coisas racionalmente inalcançáveis. Continuamos com a temática ‘Amar de todas as formas’¸ mostrando que a paixão por alguém ou algo consegue mover este caminho emocional que é o amor.

saber mais

10807434_10204914761287150_932227218_o-e1416496536345.jpg

Crónicas de Programação – VII

O amor e a paixão sempre foram representados no cinema. A capacidade de transferir para tela sentimentos de cumplicidade, partilha e comunhão tem-se feito de variadas formas, das mais ingénuas e jovens às mais maduras e contemplativas. Amar deve ser isso mesmo, amar de todas as formas e maneiras.

saber mais

botas-muito-rotas-e1447416013693.png

Selecção Diásporas

Os Caminhos procuram mostrar diferentes olhares sobre o fenómeno migratório especialmente a partir do contexto português e do cinema de ficção. Seleccionamos várias obras cinematográficas, nacionais e internacionais, exemplificando a diversidade de fluxos migratórios e as razões que levam as pessoas a procurar, longe das suas casas, um futuro e uma vida melhor. Variadas são as temporalidades, os destinos e os cenários traçados nos filmes, bem como as experiências dos seus protagonistas. À multiplicidade de contextos da emigração portuguesa passada e presente, aliam-se os da imigração para Portugal e janelas de observação sobre diferentes experiências diaspóricas que afectam o mundo contemporâneo.

saber mais

juniores-e1447349539839.png

Caminhos Juniores

A captação de um público jovem para o cinema português é fundamental, e os Caminhos Juniores são a secção que assume essa responsabilidade no festival.

Esta secção apresenta-se como um serviço educativo, tendo por base que apenas a experimentação in loco de muitos minutos de pura magia para estas crianças tornará possível a criação de hábitos de consumo desde a infância no que diz respeito ao cinema português.

saber mais

botas-austria-e1447955096414.png

Caminhos Mundiais · Áustria

A Secção Caminhos Mundiais da XXI edição dos Caminhos Film Festival é este ano apresentada em colaboração com a Embaixada da Áustria em Portugal. Com os Caminhos Mundiais pretendemos dar a conhecer uma selecção da cinematografia austríaca recente que proporcione ao público português bem como à comunidade internacional da cidade de Coimbra, a possibilidade efectuar a ponte entre as duas cinematografias.

saber mais

sapatos-formandos-e1446670326937.png

Selecção Ensaios · Filmes Seleccionados

Ver, apreciar e escolher filmes é um trabalho árduo de crítica. Porquê escolher um filme e não outro? Por entre cerca de mil inscrições temos de tomar posições, decidir. O trabalho de selecção situa-se nesse processo de consideração e valorização para que assim, chegue ao público o cinema mais diverso que se faz entre as escolas de cinema.

saber mais

botas-tropa-e1446671252671.png

Selecção Caminhos · Filmes Seleccionados

Programar Cinema, num festival cujo mote é ‘todo o cinema português’, torna-se em tarefa alcantilada quando o universo de selecção se aproxima das mil inscrições. Assistir a todas essas horas de cinema português não é difícil ou tampouco exigente, mas a tentativa de encontrar a linguagem comum formada no cinema português desde a nossa última edição torna-se complexa, mas entusiasmante.

Em cada edição, as nossas sessões mudam constantemente de título, por os filmes que são selecionados e programados apresentarem sempre algo de novo. Não há um fio condutor na programação dos Caminhos do Cinema Português, cada edição ousa criar múltiplos fios condutores em si mesma. Não aceitamos a conservação de personalidades pela sua possível presença no diálogo do mundo cinematográfico, colocando cada proponente ao mesmo nível, independentemente dos nomes e currículos mais consagrados.

saber mais

Cinema-ANimação-Polo-banner.jpg

Cinema de Animação no Pólo 2

Na recta final de preparação para a edição XXI do Caminhos Film Festival anunciamos uma nova oportunidade para o público de Coimbra ver o que de melhor foi exibido nas ultimas edições do festival na categoria de animação. Em colaboração com a Associação Olho de Vidro serão sete as curtas exibidas na próxima quinta-feira às 21horas no Centro Cultural Casa da Pedra, junto ao Pólo II.

saber mais

2015-06-02-ccp-20-anos-poster-julho-web.jpg

Retrospectiva André Guiomar no Ciclo “20 Anos de Cinema Português”

Hoje, 2 de Julho, o Ciclo 20 Anos de Cinema Português é dedicado ao realizador Portuense André Guiomar. São exibidos 3 filmes, onde nos será possível observar a evolução deste realizador, em projectos e contextos distintos, durante a transição da academia para a sua actividade profissional. A sessão começa às 22:00, no Mini-Auditório Salgado Zenha, e a entrada é livre.

saber mais

11286510_10206643876483223_115948310_o-e1434540372671.jpg

Retrospectiva Claudia Varejão no Ciclo “20 Anos de Cinema Português”

Na próxima quinta-feira, 18 de Junho, a sessão é dedicada à obra da cineasta Claudia Varejão exibindo-se 4 obras; Fim-de-Semana, Luz da Manhã, Um Dia Frio e Falta-me.

saber mais

2015-03-24-florbela-web1.png

Ciclo celebra os últimos 20 anos de cinema em Portugal

Mini-Auditório Salganho Zenha volta a receber ciclo de cinema que celebra os últimos 20 anos de produção nacional

saber mais

torres-novas-2-small-oficial.jpg

Os Caminhos do Cinema Português passam por Torres Novas.

Sensivelmente dois meses depois de Coimbra se transformar na capital do Cinema português, é agora a vez de Torres Novas acolher, em apenas dois dias, o que de melhor se fez na sétima arte portuguesa nos últimos dois anos.

saber mais