Untitled-1-1920x960.jpg

Verão na Casa do Cinema de Coimbra

A Casa do Cinema de Coimbra recebe o verão com três ciclos distintos que olham cinematográficamente para a expressão autoral pela montagem, para a região de Coimbra, e para o nosso lugar no Mundo. São ciclos que apesar de uma curadoria autónoma se complementam e enriquecem as perspectivas dos espectadores que por aqui passam.

Acompanhando, com atenção, o contexto de saúde pública actual decidimos unificar o horário das projeções para as 21h30. Esta decisão foi tomada com a ressalva que, na necessidade de reforçar a mitigação da propagação da pandemia covid-19, poderemos a qualquer momento retomar o horário anterior das 20h30.

A primeira sessão do mês coube a Tiago Cravidão e as Sete Mil Portas, inaugurando uma viagem organizada pelo Fila K, pelo cinema de realizadores com origens na região de Coimbra. Seguem-se Regina Pessoa, Alexandra Ramires, António Ferreira e Tiago Hespanha. Sessões a decorrer todas as terças, com direito a apresentação pelos realizadores.

Da perspectiva de Coimbra, olhamos para o Mundo, com visitas recomendadas pelo CEC, ao Brasil, Japão, Filipinas e República Dominicana. O Cinema de Gabriel Mascaro, Abbas Kiarostami, Brillante Mendoza e, Laura Amelia Guzmán e Israel Cárdenas, permitir-nos-á olhar noutro prisma para as relações do quotidiano e a estrutrura das sociedades.

A Casa do Cinema de Coimbra, além de exibir é um espaço de formação cinematográfica. O Ciclo “Montagem & Autoria” vem complementar as ações ministradas no Curso de Verão, exibindo filmografia dos oradores convidados. “Linha Vermelha“, de José Filipe Costa, e uma “Antologia” que reúne a obra de Jerónimo Rocha, são as sessões que programámos para aproximar mais os formandos dos oradores deste Curso de Verão.

curso de verao6

Fundamental é o trabalho de aproximação dos públicos mais jovens do Cinema Português. Nesse sentido programámos para a manhã de 24 de Julho uma Matiné Infantil com um conjunto de filmes de animação e ficção relevantes. Nestas Matinés as crianças convidam os seus pais a entrar, de borla, na sala de cinema, tornando a cinefila um sinónimo de momento em família.

A recente classificação do Município de Coimbra como um Concelho de Risco Elevado obriga-nos a mudar os horários anunciados. O alinhamento neste mês de Julho é o seguinte:

20 de Julho, 19h00, Fila K
Antologia a António Ferreira (Respirar D’Baixo de Água, Deus Não Quis, Posfácio nas Confecções Canhão)

21 de Julho, 20h30, CEC
Ma’Rosa, de Billante Mendoza

22 de Julho, 20h30, Caminhos
Linha Vermelha, de José Filipe Costa

23 de Julho, 21h00, Caminhos
Antologia a Jerónimo Rocha (Breu, Dédalo, Arcana, Macabre)

24 de Julho, 10h30, Caminhos
Matiné Infantil: Curtas-metragens Nacionais

27 de Julho, 19h00, Fila K
Revolução Industrial, de Tiago Hespanha e Frederico Lobo

28 de Julho, 20h30, CEC
Dólares de Areia, de Laura Amelia Guzman e Israel Cárdenas

Esperamos em breve dar mais novidades…