Ação! Começou a XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português

Sábado, dia 24 de novembro, às 21h45, o Teatro Académico Gil Vicente será o palco da Cerimónia de Abertura do festival Caminhos do Cinema Português, com apresentação de Carolina Santos e Diogo Carvalho.

Após o arranque das “Fusões no Cinema”, no dia 23, em São João da Madeira, os Caminhos seguem, no sábado à noite, para Coimbra para dar início à sua XXIV edição, continuando a sua missão de mostrar o melhor de todo o cinema Português, até dia 1 de dezembro.

Abrindo a cerimónia, Hikarium, irá desvendar os caminhos que esta edição pode trazer através de um número de luzes, ilusão de ótica, conjugação entre corpo, imagem e som para revelar as identidades dos Caminhos do Cinema Português. Seguir-se-á a apresentação formal desta 24.ª edição, tomando a palavra o seu diretor, feitas apresentações de todos os intervenientes que julgarão e premiarão os 121 filmes em competição, lutando para 24 prémios os títulos presentes na Seleção Caminhos e os Ensaios para o Melhor Ensaio Nacional e Melhor Ensaio Internacional.

Destaque para as estrelas desta festa do cinema português; Os jurados da Federação Internacional de Cineclubes (FICC/IFSS) e da Imprensa CISION estarão presentes na íntegra, bem como os protagonistas dos filmes exibidos ao longo deste primeiro dia. Edgar Pêra, Rodrigo Areias, Dominique Pinon, Tiago Afonso, Paulo Carneiro, Bruno Gascon, André Guiomar, André Gil Mata, Jerónimo Rocha ou Rosa Coutinho Cabral, são alguns dos presentes. O Júri FICC é constituído pelo produtor Konrad Domaszewski, pela programadora Sukayna Najmudin e pelo realizador e fotógrafo Tiago Cerveira. Preenchendo as cadeiras do Júri de Imprensa CISION estão os jornalistas Fátima Lacerda e Vasco Câmara e Nuno Gonçalves, Administrador Executivo da Cinemundo.

A 24ª edição do festival mantém o seu painel de jurados preenchido de conceituados nomes nacionais e internacionais. No dia 24 será Marcantonio Del Carlo, Catarina Alves Costa, Nuno Garcia, João Rui Guerra da Mata e Isabel Ruth que estarão presentes a avaliar as obras cinematográficas da Seleção Caminhos. Tomás Baltazar e Ricardo Esteves são os representantes dos jurados da Seleção de Ensaios.

Encerrada a cerimónia de abertura dá-se lugar à exibição cinematográfica.

As sessões da Seleção Caminhos, Seleção Ensaios e Outros Olhares definem o tom do dia com curtas e longas metragens, marcadas pela sua pluralidade de géneros. Após o espetáculo de abertura, a tela cinematográfica apresenta “Como Fernando Pessoa salvou Portugal”, “Caminhos Magnétykos” da Seleção Caminhos. A estrear os Caminhos Mundiais, Yorgos Angelopoulos e Sol de Carvalho apresentam “Goldfish” e “Mabata Bata”, respetivamente.