Tag in memoriam

178109_514072801950690_1493313297_o-e1599153021523.jpg

Tânia Duarte, In Memoriam

Tânia Duarte, realizadora e animadora de cinema de animação, deixou-nos esta semana. Uma presença assídua nos festivais de cinema nacionais, além dos seus filmes destacou-se pelo intenso papel de formação de públicos, tanto no infanto-juvenil, como de novos cineastas. Recordamos, com alegria, a presença regular no nosso festival e a recepção que os seus filmes tiveram junto dos nossos espectadores.

Em 2012 tivemos a honra de contar com a sua colaboração como jurada e assim ficar incontornavelmente associada ao arranque da nossa segunda secção competitiva, a Seleção Ensaios. Da ficção que co-premiou, mas sobretudo no cinema de animação Tânia Duarte prestou um enorme serviço público na formação de públicos preparando-os para a sensibilidade estética de dar a ver e ouvir, as suas próprias histórias.

Esse entusiasmo é reverberado nas histórias de miúdos, inspirando-nos a olhar com maior profundidade para o cinema de animação produzido no contexto de formação. Essa foi uma das motivações que nos levou, nesta XXVI edição, a introduzir o Prémio Melhor Ensaio de Animação Nacional. É mais um passo para que os Caminhos dão em direção a um espaço pluralizador do cinema português. O legado de Tânia Duarte destaca-a como uma das figuras mais importantes do cinema de animação nacional.

Os Caminhos do Cinema Português vêm por este meio expressar o seu mais profundo pesar à família e amigos de Tânia Duarte.

saber mais

15543753895_ab1b3ca84e_b.jpg

Nota de Pesar pelo Falecimento de António Loja Neves

Foi com uma enorme tristeza que a organização do Caminhos do Cinema Português tomou conhecimento do falecimento do amigo António Loja Neves.

Na memória, ficam os momentos de amizade e de partilha com alguém que sempre esteve presente e que deixa a sua marca na história do nosso festival. Desde o primeiro dia que o António procurou trazer aos Caminhos uma mostra de cinema de expressão portuguesa, encetando contactos e criando soluções que nos permitiram exibir obras primas.

Fica o nosso eterno agradecimento e os mais sinceros votos de pesar à família.

O Mundo do Cinema Português perdeu hoje um dos seus grandes defensores.

Até sempre!

saber mais

10408771_10152705746834425_7924895743510117820_n.jpg

in memoriam Américo Mascarenhas

Voz inquieta, inconformada e sempre presente deixa-nos hoje. Entusiasta dos eventos culturais, da persistência e autenticidade dos mesmos, foi um acérrimo defensor do consumo e acesso à cultura cinematográfica na região centro. Deixa-nos saudades, da voz inconfundível, dos pedaços de papel agrafados à moda antiga, onde as notas se convertiam em notícias, mas acima de tudo pelo apoio que sempre soubeste transmitir. Um até sempre!

saber mais

afonso2bw.jpg

in memoriam Afonso Bastos

Estamos em choque! O nosso amigo e companheiro destes caminhos do cinema Afonso Bastos faleceu ontem 24 de Março. O Afonso foi uma pedra basilar na 20.ª edição do festival dando grandes provas da sua enorme competência técnica e profissional mas acima de tudo de altruísmo, companheirismo e espírito de equipa.

A vida foi madrasta! Subitamente aos 25 anos perdemos um grande amigo das artes e do cinema em particular, que fazia tudo ao seu alcance para promover e produzir actividades culturais em Coimbra bem como no resto do país.

Não foram apenas os Caminhos que perderam um grande amigo e colega, fomos todos nós.

Não nos despedimos com um adeus, porque nada é eterno, mas com um até já porque sabemos que estarás no céu a brilhar por nós.

À sua família e amigos, apresentamos as mais sentidas condolências.

saber mais

nicolauBreyner.jpg

in memoriam Nicolau Breyner

Os Caminhos Film Festival lamentam a perda de uma figura central e impar da ficção e do Cinema Português, que ao longo dos anos acompanhou este projecto na qualidade de actor, realizador, e também enquanto membro do júri, endereçando à família e amigos as mais sentidas condolências.

saber mais

FM.jpg

in memoriam Fernando Mateus

O festival Caminhos do Cinema Português expressa assim a sua homenagem ao Amigo Fernando Mateus.
Contigo aprendemos a viver o Cinema como só tu o sabias viver! O teu querer e as tuas palavras ficarão na nossa memória e, apesar de uma imensa saudade, não nos deixas um vazio, mas sim um coração cheio com tudo o que deste de ti ao festival e a todos nós!
Hoje perdemos um Amigo e um Grande Caminhante!

saber mais

15956146811_639bcaa4c8_o.jpg

in memoriam Manoel de Oliveira

Dia 2 de Abril de 2015 vai ser marcado para sempre como o dia em que o Mestre realizou a sua última obra, a do encerrar das cortinas da sua vida. Manoel de Oliveira foi o maior cineasta de todos os tempos, seria eventualmente o cineasta mais antigo ainda vivo e a trabalhar. Partindo, deixa-nos um espólio de um valor cultural incalculável, que sempre fornecerá fonte de inspiração para todos aqueles que querem ver e aprender cinema.

saber mais

Luís-Miguel-Rocha.jpg

in memoriam Luís Miguel Rocha

O festival Caminhos do Cinema Português vem expressar o seu profundo pesar pela perda de Luís Miguel Rocha.

Tiveste a coragem de aceitar o nosso desafio em 2011, integrares uma equipa, e a todos nos contagiar com a tua alegria e a tua disposição. Mais do que um grande homem, um grande escritor, perdemos um Amigo de sempre.

Por tudo, o nosso eterno Obrigado!

saber mais