programacao3.jpg

Programa!Ação – IV Mostra

A mostra Programa!ação, iniciada em 2019, dedica-se a promover a exibição comparatistas sobre diversas perspectivas do Cinema Português. Nesta 4.ª edição propomos uma visita ao longo da linha do tempo pela Região Centro tendo como ponto de partida a adaptação do romance de Carlos de Oliveira, “Uma Abelha na Chuva” por Fernando Lopes. Um filme que se propôs a responder a uma obsessão portuguesa “como filmar o que somos e como somos?”.  Uma resposta que invariavelmente depende dos lugares e das oportunidades existentes para a formação de cada indivíduo. Procurámos respostas na região centro com a programação que se realizará de 28 de Novembro a 27 de Dezembro na Casa do Cinema de Coimbra e Auditório Salgado Zenha. 

A exibição do Cinema Patrimonial Português, articulado no plano da sua  digitalização pela Cinemateca Portuguesa, indicará caminhos de onde poderemos observar as dinâmicas e mudanças no território, na sociedade e na população da região centro. Esta região aparentemente afastada da centralidade das áreas metropolitanas, é proficuamente retratada em várias obras relevantes da história do cinema portuguê, sobretudo no período do Novo Cinema Português.

Nesse momento de diversificação da produção portuguesa, a região centro foi retratada em obras marcantes como “A Promessa” de António de Macedo,  Veredas de João César Monteiro, passando pela fundação do cinema etnográfico de António Campos. As novas gerações de cineastas na década de 60 e 70 vieram diversificar a produção, e, sobretudo, a representatividade da sociedade portuguesa, dando a ver narrativas além do gosto político, penetrando na realidade do país.

Na sua IV edição, a mostra Programa!Ação irá reunir um conjunto de filmes, programados em 8 sessões, que olham para a região centro permitindo observar o percurso da região e a forma como foi vista por diferentes olhares e assim encetar também uma viagem pela história do cinema e da sociedade portuguesa. Será uma viagem tomada com um conjunto de pluralidades que caracterizam o cinema nacional, sem esquecer o essencial contributo de António Campos quando se celebram cem anos do seu nascimento.

A programação desta 4.ª Mostra tem a curadoria de Ricardo Vieira Lisboa e inclui várias cópias restauradas pelas Cinemateca Portuguesa, algumas em primeira exibição pública (vulgo estreia mundial).

Data Filme Ano Realização Duração
05 nov. 17:30 Histórias Selvagens 1978 António Campos 100
19 nov. 21:30 Hipnotismo ao Domicílio 1927 Reinaldo Ferreira 19
28 nov. 21:30 Cinema 74 1974 Alfredo Tropa 25
28 nov. 21:30 Uma Abelha na Chuva 1972 Fernando Lopes 76
01 dez. 21:30 Cinema 2001 Fernando Lopes 23
01 dez. 21:30 Sobre o Lado Esquerdo 2008 Margarida Gil 50
02 dez. 16:00 Cinema 2001 Fernando Lopes 23
02 dez. 16:00 Sobre o Lado Esquerdo 2008 Margarida Gil 50
05 dez. 21:30 Verão Coincidente 1963 António de Macedo 14
05 dez. 21:30 Relação Fiel e Verdadeira 1987 Margarida Gil 85
06 dez. 16:00 Verão Coincidente 1963 António de Macedo 14
06 dez. 16:00 Relação Fiel e Verdadeira 1987 Margarida Gil 85
09 dez. 21:30 Rio Vermelho 1999 Raquel Freire 16
09 dez. 21:30 A Promessa 1972 António de Macedo 102
10 dez. 15:00 Rio Vermelho 1999 Raquel Freire 16
10 dez. 15:00 A Promessa 1972 António de Macedo 102
12 dez. 21:30 A Festa 1975 António Campos 24
12 dez. 21:30 Senhora Aparecida 1994 Catarina Alves Costa 55
13 dez. 16:00 A Festa 1975 António Campos 24
13 dez. 16:00 Senhora Aparecida 1994 Catarina Alves Costa 55
16 dez. 21:30 Histórias Selvagens 1978 António Campos 100
19 dez. 21:30 Num Mar de Moliço 1966 Alfredo Tropa 10
19 dez. 21:30 Mudar de Vida 1966 Paulo Rocha 103
21 dez. 15:00 Num Mar de Moliço 1966 Alfredo Tropa 10
21 dez. 15:00 Mudar de Vida 1966 Paulo Rocha 103
22 dez. 15:00 Rasganço 2001 Raquel Freire 93
27 dez. 21:30 Rasganço 2001 Raquel Freire 93

Este programa conta com o apoio do projeto FILMar, operacionalizado pela Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema com o apoio do programa EEAGrants 2020-2024, da Direção Regional de Cultura do Centro (Programa de Apoio à Ação Cultural 2022), da rede Europa Cinemas (co-financiado pela União Europeia), do Município de Coimbra (Apoio financeiro municipal à atividade permanente), da União de Freguesias de Coimbra, da Associação Académica de Coimbra (Programa ValorizAACultura), entre outros parceiros regulares dos Caminhos do Cinema Português. Agradecemos igualmente toda a colaboração dos detentores dos direitos das obras programadas. 

Dedicamos esta IV edição da Mostra Programa!Ação a António da Cunha Telles, pessoa central no desenvolvimento do novo cinema português e das novas visões que surgiram desse movimento.