P1100125-scaled-e1574877599178.jpg

Exposições

Umas bodas de prata não são celebradas todos os dias, nesse sentido procurámos homenagear o cinema para além dos seus espaços de exibição.a. Em três exposições, produzidas em conjunto com a Galeria V, homenageamos o cinema de hoje, com a exposição dos posters candidatos a melhor cartaz, o cinema de Isabel Ruth, na sala Branca do TAGV, e o Cinema visto por um grupo de 25 ilustradores. 

O evento volta ao sítio onde começou, a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e expõe os cartazes dos filmes destacados para a competição principal, Seleção Caminhos. Esta exposição, que está localizada no piso 3 do edifício em frente ao Teatro Paulo Quintela, é também por si uma competição para melhor cartaz, mostrando os diversos estilos e correntes que passam pela identidade do cinema português.

Na Sala Branca do Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) está a exposição “Ethos” dedicada a Isabel Ruth. O prémio, que tem o mesmo nome que a exposição, foi atribuído a esta personalidade do cinema na sessão de abertura do Festival Caminhos do Cinema Português. Esta exposição é dedicada à figura incontornável que contribuiu para criar um corpo de cinema, como também para afirmar as suas potencialidades.

Lado a lado com os 25 anos do festival está também a exposição “25 anos, 25 ilustrações” no bar do TAGV. Onde os ilustradores pegaram em vários títulos marcantes do cinema português e lhe deram uma “nova cara”, mas acima de tudo trataram de homenagear os protagonistas da sétima arte nacional. No dia 30 de novembro, das 15h às 19h, vai ser feita uma visita guiada nesta exposição com os autores a apresentar as suas escolhas para o seu  processo de criação.