19553881_10212771276347013_6493518807451681768_n.jpg

As Estruturas Narrativas por Daniel Ribas

A 1 de maio o cinemalogia recebe Daniel Ribas concluindo-se a oferta formativa teórica desta oitava edição do curso de cinema – Cinemalogia. O objectivo das próximas oito horas é perceber as ferramentas e metodologias para a construção do sentido fílmico para o espectador. As inscrições ainda se encontram disponíveis.

A humanidade sempre procurou formas diferentes contar histórias. A arte dramática – isto é, a arte de contar histórias – tem também a sua História. Veremos, neste módulo, de que forma a narrativa se organiza em contexto cinematográfico. Falaremos, neste contexto, do conceito de narrativa fílmica e da forma como o cinema constrói sentido para o espectador. Dessa discussão, partiremos para o detalhe da estrutura da narrativa num filme, dividindo em dois modelos diferentes: o da longa-metragem e o de curta-metragem, analisando, através de exemplos, a forma como o cinema conta histórias.

Partindo da mesma base, “O Silêncio dos Inocentes”, de Jonathan Demme, os alunos terão oportunidade de analisar a narrativa fílmica, o seu mundo e as suas estruturas. Haverá ainda tempo para a análise crítica do trabalho prático desenvolvido ao longo do curso.

Daniel Ribas

Daniel RibasProgramador / Investigador

Nasceu e vive no Porto. É diretor e programador do Porto/Post/Doc. É também colaborador do Curtas Vila do Conde. Atualmente, é professor de cinema da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa e membro do CITAR – Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes. É Doutor em Estudos Culturais pelas Universidades de Aveiro e do Minho. Tem escrito diversos artigos e capítulos de livros sobre cinema português contemporâneo, cinema experimental e documentário. Membro fundador e Presidente da atual direção da AIM - Associação de Investigadores da Imagem em Movimento.