Direção de Arte

c/ Luísa Bebiano Correia

Resumo da formação

O diálogo entre a Realização, Fotografia e Direcção Artística é essencial para criar uma base de trabalho sólida para os actores. O trabalho conjunto do Director de Arte e Director de Fotografia na criação de ambientes ajudará o Realizador a comunicar as suas intenções e a dirigir a sua equipa. Na Direcção de Arte, a escala e geometria dos décores, cores, tipo de adereçagem, entre outras variantes, são pensadas em função dos conceitos do Realizador e em função das necessidades técnicas do Director de Fotografia. Os décores têm de ser “filmáveis” e com os recursos disponiveis no momento.

Na Direcção de Fotografia, a escolha de objectivas, película, filtros e temperatura de luz, tipos de plano e movimentos de câmara vem materializar a visão do Realizador.
Neste módulo de Direcção de Arte pretende-se exemplificar como ocorre esta dialética e os benefícios desta. Para tal serão exibidos alguns exemplos resultantes desse diálogo e uma demonstração prática como, numa mesma situação, diferentes escolhas divergem para resultados díspares.

Data

2019/02/10 >
9:30 ~ 18:30

Local

Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Universidade de Coimbra

Pólo II – Pinhal de Marrocos
3030-290 Coimbra

Condições de Frequência
CondiçãoPreço
Público65 €
Sócios55 €
Estudantes35 €
Sócios Estudantes30 €

Inscrição
– Inscrições limitadas a 25 formandos.

Objectivos
Compreender as competências da direção artística, especificidade e o seu enquadramento num projeto cinematográfico e adequar as mesmas em função do projecto em produção. Conseguir planear a produção olhando às necessidades da Direcção de Arte e das necessidades narratológicas inerentes.
Plano de Sessão
1 – O que é o departamento artístico, suas especificidades, terminologias e o seu enquadramento na produção de um projeto cinematográfico.
2 – Abordagem e desenvolvimento sobre a análise e estudo de um guião/argumento e sinopse.
3 – Discussão e trabalho do mesmo com o Realizador e Director de Fotografia e demais departamentos.
4 – Elaboração e desenvolvimento dos conceitos cenográficos gerais e específicos e estudos orçamentais assim como a elaboração dos mesmos.
5 – Projeção de imagens (filme ou fotografia) de um projeto executado pelo formador como Dir.Artístico, com explicação passo a passo dos métodos, processos que foram utilizados assim como contratempos e peripécias que são elementos indissociáveis de qualquer projeto cinematográfico.

[/section]
Luísa Bebiano Correia

Luísa Bebiano Correia

Tem atelier próprio de arquitectura desde 2010, sediado no Instituto Pedro Nunes, onde desenvolve projectos que a relacionam com diversas artes como teatro, dança e cinema (direcção de arte). Universo temático que é a base da investigação que está a desenvolver para a tese de doutoramento do Curso de Arte Contemporânea da Universidade de Coimbra.Licenciada em Arquitectura pelo Darq - FCTUC (2006 - Prémio Escolar Quartel Mestre General W. Elsden), com uma passagem pelo Politécnico de Torino (Itália).Desde 2004 tem colaborado pontualmente com os arquitectos José Gigante, Atelier do Corvo e João Mendes Ribeiro.Entre os seus projectos, destacam-se as intervenções realizadas:Adega para a Torre de Palma (2014), em co- autoria com João Mendes RibeiroRecuperação das Instalações da Cerâmica Antiga de Coimbra (2017), em co-autoria com Atelier do Corvo.Já foi distinguida em diversos concursos sobre obra realizada, nomeadamente: Prémio Outros Mercadus, Design e Arquitectura (finalista em 2010), Prémio Mies Van Der Rohe (nomeada em 2015), Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira (finalista em 2017), Prémio Nacional de Reabilitação Urbana (Melhor Intervenção Inferior a 1000 m2 em 2017) e Premis Fad (Seleccionada nos anos 2013, 2015 e 2018).Fez a Direcção de Arte de "Pedro e Inês", filme recentemente estreado em Portugal e de "Embargo", ambas produções de Persona Non Grata e realização de António Ferreira. Além de longas metragens de ficção, trabalhou em diversas curtas metragens, cinema documental e produções para televisão.