Gestão e Concepção de Produções

c/ Luís Alvarães

 

Resumo da formação

O guião é a ferramenta base com a qual iniciamos o trabalho de pré-produção logística para a rodagem. É fundamental um bom planeamento e organização nesta fase, porque influencia o resultado final da obra. Existem muitas questões a fazer e a resolver… qual é a equipa técnica final e qual a relação de cada elemento com o chefe de produção? Casting: como se faz? Qual a melhor data para as gravações? Quais são as localizações ideais para os cenários do filme e onde/como encontrá-las (repérage)? Depois de termos os cenários escolhidos, como se faz uma localização técnica? Quais as prioridades, para sabermos como gerir um orçamento limitado? E se chover, o que fazemos? A quem pedimos autorizações? Por lei, quantas horas podemos gravar por dia? E se forem crianças? Enfim…. Por onde começar?

Assim, neste módulo vamos responder a todas estas questões, perceber a importância desta fase e o quão gratificante pode ser. Afinal, produção é o departamento que gere toda esta equipa e quem faz possível que o backstage das filmagens funcione de forma organizada. Por fim, vamos aprender a ler um guião desde o ponto de vista de produção, fazer o “breakdown” de cada cena (découpage), elaborar o calendário geral de produção, o plano geral de trabalho e como preparar cada dia da rodagem, adaptado-nos aos imprevistos. Bem como, um levantamento de necessidades e prioridades por cada departamento (arte, vestuário, fotografia, caracterização, som, figuração).

Data

2019/02/09 >
9:30 ~ 18:30

Local

Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Universidade de Coimbra

Pólo II – Pinhal de Marrocos
3030-290 Coimbra

Condições de Frequência
Condição Preço
Público 65 €
Sócios 55 €
Estudantes 35 €
Sócios Estudantes 30 €

Inscrição
– Inscrições limitadas a 25 formandos.

Objectivos
Os alunos, no final de sessão, terão que finalizar o plano geral de produção e ser capazes de dar início à correta pré-produção da curta-metragem deste curso, gerindo as prioridades e imprevisibilidades da melhor maneira.
Além disto, será dada uma noção geral de como levantar projetos, tanto de ficção como de documentários, antes de chegar à fase de pré-produção. Como fazer um dossier, como vender o meu projeto e arranjar financiamento? Quais as principais fontes de financiamento? 
E depois, como distribuir?
Plano de Sessão
Manhã -Apresentação

  • Motivação, objectivos. História do projecto

Breve resenha histórica/contexto actual

  • A sétima arte. Arte colectiva
  • Dicotomia(s) arte/indústria, público/espectador
  • Modo de recepção, era digital
  • “O cinema é, infelizmente, uma linguagem” (Straub)

Contexto português de produção

  • O binómio Produtor/realizador
  • O cinema de autor, o produtor enquanto co-autor
  • Os financiamentos, critérios
  • A circulação das obras

Leitura do projecto “Horizonte artificial”

  • Análise
  • story-line
  • O que conta/o que diz: nota de intenções

Tarde

Dois exemplos: “O velho do Restelo” e “Balada de um batráquio”

  • Fichas técnicas

Trabalho de equipa

  • Pré-preparação
  • Autores, técnica, artistica
  • Fases de produção

Projecto “Horizonte artificial”

  • Desgloso (levantamento)
  • Orçamento 1
  • Orçamento 2
  • Montagem financeira
  • Aspectos legais, direitos, contratos
  • Mapa de trabalho
Luís Alvarães

Luís AlvarãesProdutor, Realizador e Argumentista

Luís Alvarães é argumentista, realizador e produtor de filmes. Gosta de teatro e de actores. Prefere o artifício ao realismo. A comédia ao drama. Não gosta quando o autor ocupa o centro da imagem. Mas gosta quando tem alguma coisa para dizer. Sócio fundador, em 1992, com Fernando Vendrell, da produtora DAVID & GOLIAS.

Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download xiomi firmware
Download Premium WordPress Themes Free