Tradução e Legendagem

RESUMO

Esta sessão decorre da necessidade de contribuir para a formação em Cinemalogia no que ao aprofundamento do domínio dos instrumentos de tradução audiovisual (TAV) diz respeito, privilegiando-se a especificidade da tradução para legendagem. Esta é uma das técnicas de recurso mais comuns, no que toca à disseminação fílmica à escala planetária. Daí que se revele premente uma atenção mais aturada a esta modalidade de tradução audiovisual, quer na sua vertente técnica, quer no plano linguístico.
Entendendo-se a formação integral em Cinemalogia como multi/interdisciplinar, os formandos deverão desenvolver a sensibilidade para reconhecer as vantagens e os constrangimentos dos propósitos técnico-operatórios e linguísticos que presidem à tradução para legendagem (interlinguística/intercultural e intralinguística, no caso de públicos com necessidades especiais).
Far-se-á uma breve incursão teórica pelas várias modalidades de TAV, desde a sua genealogia até às práticas atuais.
Numa perspectiva mais prática, não só será apresentado um conjunto de recursos disponíveis para legendar filmes, como tambem será aberto um espaço de análise e discussão de procedimentos de legendagem de vários segmentos fílmicos, não perdendo de vista a sincronização de morfologia triádica: palavra – som – imagem.

DATA & LOCAL

1 de Maio de 2016
9:00 — 18:00
8 horas

Dept. Engenharia Informática, Pólo 2
Pinhal de Marrocos, Coimbra

Inscrição

CondiçãoPreço
Estudantes40 €
Público60€
Inscrição

PLANO DA SESSÃO

Os conteúdos do presente módulo de formação centram-se fundamentalmente no “saber”, no “saber-fazer” e na “prática reflexiva”. Assim, a sessão sustenta-se numa moldura formativa tripartida “infra” enunciada.

I. “SABER”
Enquadramento teórico:
I.1 – A genealogia da tradução audiovisual (TAV);
I.2- A transição dos intertítulos para a legendagem;
I.3 – Diferentes modalidades de tradução audiovisual;
I.4. Contextualização do estado da arte sobre a tradução audiovisual (TAV), enquanto ampliação da área de estudos cinematográficos, sob uma perspectiva linguística, com enfoque particular na linguística textual, pragmático-semântica e inter-semiótica (na interação triádica da palavra com a imagem e o som);
I.5 A TAV no panorama internacional;
I.6 A TAV no contexto nacional;
I.7 – A especificidade da tradução para legendagem;
I.7.1 A evolução tecnológica – sustentáculo da legendagem;
I.7.2 A vertente técnica da (tradução para) legendagem;
I.7.3 Os aspectos linguísticos da legendagem;
I.8 O policódigo do texto e da narrativa audiovisuais.

II. “SABER-FAZER”

Preparação de materiais fílmicos concebidos, de molde a serem operacionalizados (traduzidos e legendados ou apenas legendados na língua materna).
Discussão de estratégias e de metodologias adequadas ao desenvolvimento de práticas de tradução para legendagem, destinadas a um público selecionado pelos formandos: internacional/ nacional/ com necessidades especiais.
Momento de interacção formando/formando.

III. “PRÁTICA REFLEXIVA”

Discussão sobre as práticas tradutivas dos formandos e apresentação pública do trabalho efetuado e respetiva reflexão sobre os resultados obtidos.
Balanço final sobre o processo de autoformação dos formandos (e da formadora).

Formador

Outros Módulos

  • Edição de Imagem: Color Grading

    Edição de Imagem: Color Grading

    Marco Amaral
    Os principios da correcção de cor e as ferramentas disponíveis. Formatos e camaras digitais. Exemplos de planos de filmes já terminados.
    ---
    23 a 25 de Abril de 2016
    Estudantes 80€
    Público 100€

  • Edição de Som

    Edição de Som

    Hugo Leitão
    A edição de som é uma das últimas fases de pós produção de som para cinema, onde as decisões são definitivas e onde o fim do processo significa o início de vida comercial de uma obra.
    ---
    16 e 17 de Abril de 2016
    Estudantes 60€
    Público 80€

  • Marketing Cinematográfico

    Marketing Cinematográfico

    Saúl Rafael
    A cadeia de valor do cinema e a importância do distribuidor. A conjuntura e as novas tendências.
    ---
    29 de Maio de 2016
    Estudantes 60€
    Público 80€

  • Banda Sonora

    Banda Sonora

    Pedro Janela
    Hoje, mais do que nunca, a música desempenha um papel vital em longas-metragens, documentários e programas de televisão. Algumas destas obras são quase tão conhecidas pela sua componente musical como pelo o seu conteúdo visual.
    ---
    28 de Maio de 2016
    Estudantes 60€
    Público 80€