Caminhos do Cinema Português

4 – Micro Cinema

 
Descrição:

Depois da minha segunda longa-metragem ‘Nós’ em 2003, decidi-me por procurar novas formas de realizar e produzir filmes explorando métodos alternativos mais adequados ao cinema que procuro, um cinema pessoal feito quotidianamente. Desde então fiz micro-filmes realizando-os sozinha ou em colaboração com outros artistas, e quase sem orçamento, usando uma câmara de vídeo e um computador portátil.
 
Conteúdos Programáticos:
Este workshop analisa 4 projectos, de forma prática, da ideia à execução, com as dificuldades, as experiências e os resultados; 2 filmes que estão feitos e 2 que se estão a fazer. Os filmes serão mostrados na totalidade ou em excertos, e do seu comentário, vão surgir também pequenos exercícios de imaginação e de  improvisação a serem realizados ao longo do dia. 

Falaremos de ‘Ballad of technological dependency’ [que realizei nos Estados Unidos, 4 retratos que contam experiências de “dependências“ tecnológicas; o filme partiu de uma série de ‘obstruções’, como por exemplo: cada rodagem tinha a duração de 1 hora, o que corresponde a 1 cassete mini-dv] e ‘Travelogue’ um road movie de uma viagem de carro de Lisboa até Marrocos, foi filmado em super-8, sem som e o trabalho de sound-design, foi essencial.

Na segunda parte estarão em análise 2 filmes em que trabalho neste momento: ‘Timeless Land’ e ‘Os vivos’.  O primeiro, realizado em Londres, é uma obra quotidiana de amor, feita após a morte do meu companheiro em Dezembro passado, uma viagem num tempo não linear, quase colagem de ideias, memórias e projectos; o segundo, é sobre a escritora Maria Gabriela Llansol, é o meu primeiro filme-encomenda e encontra-se neste momento em fase de pesquisa; o projecto estende-se a uma série de instalações para uma exposição no CCB onde o uso de filme e som acompanha a concepção do espaço. 
O Objectivo é inspirar as pessoas a Olhar atentamente e a fazer muito com pouco, é o meu objectivo neste workshop

Outras Informações:
Datas – 24 de Abril de 2009
Horário – 9h00 às 13h00 e 14h00 às 18h00
Lugar – Edifício AAC
Limite de Participantes – 20
Horas de Formação – 8
Frequência Mínima – 70%
Preço Workshop – Sócios CEC/AAC 20€ Público em Geral 25€

Notas:

Na frequência de mais do que um workshop beneficie de um desconto de 25% sobre o total
A frequência dos workshops dá direito a Livre Trânsito para todas as sessões do Festival

Curriculum Vitae do Formador:
Cláudia Tomaz
Nasceu em Lisboa e licenciou-se em 1995 em Ciências da Comunicação, no ramo de cinema, pela Universidade Nova de Lisboa. Desde 1995, realizou 4 filmes – curtas e médias metragens – escreveu diversos projectos não realizados e trabalhou directamente, como assistente técnica e de criação, junto dos realizadores Pedro Costa, Paulo Rocha e José Álvaro Morais. Noites, a sua primeira longa metragem, recebeu o prémio para Melhor Filme da Semana da Crítica do Festival de Veneza 2000 e foi seleccionado para os Festivais de Gijon em Espanha, Belfort em França e Fic Brasília no Brasil. NÓS foi a sua segunda longa metragem e esteve presente no Festival de Locarno 2003, na secção Cineastas do Presente, recebendo o Prémio Boccalino que o distinguiu como o melhor filme do festival.
Para mais informações sobre a formadora consulte  o seguinte link