Astrakan 79, de Catarina Mourão

6,00 

Estreia


“Martim recorda hoje, aos 58 anos, a estadia de um ano e meio na União Soviética em 1979. Tinha 15 anos e era um miúdo “inocente”. Os pais, militantes do Partido Comunista, achavam que ele ia para um sítio seguro, uma sociedade que cumpria com todos os seus ideais. Martim viajou para Moscovo, atravessou de comboio o delta do Volga até Astrakan numa viagem iniciática. Apaixonou-se várias vezes, largou os estudos, tornou-se clandestino. O ideal comunista incutido pelos pais foi-o perdendo pelo caminho. Quarenta anos depois, Martim decide, neste filme, contar pela primeira vez esta história ao seu filho, uma história que foi sempre um tabu de família.


Sessão especial – 13 jul SÁB 14:30 – com Catarina Mourão (realizadora) e Manuel Rocha

Nota: Nas sessões dos dias 11 jul QUI 18:00 (ASZ) e 17 jul QUA 19:15 será também exibida a curta metragem:

“O Mar Enrola Na Areia” (Catarina Mourão, DOC, 15′) 

 “O Homem do apito”” era um personagem que vagueava as praias portuguesas durante o Estado Novo, e que vivia da caridade dos banhistas. De barbas brancas e fato preto ou branco atraía crianças com o seu apito ao pescoço e contava-lhes histórias. A partir de vários filmes de família a realizadora construiu um retrato ficcional deste personagem misterioso e através dele quis explorar o espaço sensorial da praia.”


📌 Casa do Cinema de Coimbra (CCC) | Piso 0, Galerias Avenida
📌 Auditório Salgado Zenha (ASZ) | Piso 0, Associação Académica de Coimbra

Clear selection
Want a discount? Become a member by purchasing Sócio (Quota Anual), or log in if you are a member.

Product Description

“Martim recorda hoje, aos 58 anos, a estadia de um ano e meio na União Soviética em 1979. Tinha 15 anos e era um miúdo “inocente”. Os pais, militantes do Partido Comunista, achavam que ele ia para um sítio seguro, uma sociedade que cumpria com todos os seus ideais. Martim viajou para Moscovo, atravessou de comboio o delta do Volga até Astrakan numa viagem iniciática. Apaixonou-se várias vezes, largou os estudos, tornou-se clandestino. O ideal comunista incutido pelos pais foi-o perdendo pelo caminho. Quarenta anos depois, Martim decide, neste filme, contar pela primeira vez esta história ao seu filho, uma história que foi sempre um tabu de família.


Astrakan 79

Catarina Mourão :: Portugal :: 2023 :: Documentário :: 64′ :: M/12
Língua Original: Português 

Festivais e Prémios
Melhor Realização – IndieLisboa, Portugal’23 Prémio Jean-Loup Passek, Melhor Documentário Português – MDOC, Portugal’23

Nota: Nas sessões dos dias 11 jul QUI 18:00 (ASZ) e 17 jul QUA 19:15 será também exibida a curta metragem:

“O Mar Enrola Na Areia” (Catarina Mourão, DOC, 15′) 

O Mar Enrola Na Areia “O Homem do apito”” era um personagem que vagueava as praias portuguesas durante o Estado Novo, e que vivia da caridade dos banhistas. De barbas brancas e fato preto ou branco atraía crianças com o seu apito ao pescoço e contava-lhes histórias. A partir de vários filmes de família a realizadora construiu um retrato ficcional deste personagem misterioso e através dele quis explorar o espaço sensorial da praia.”


Casa do Cinema de Coimbra (CCC) | Piso 0, Galerias Avenida :: Auditório Salgado Zenha (ASZ) | Piso 0, Associação Académica de Coimbra

A bilheteira no local abre 30 min antes de cada sessão. A bilheteira permanente está aberta de 2ª a 6ª (9:00 — 17:00) na sala do CEC (piso 1, AAC)


Casa do Cinema de Coimbra – Av. Sá da Bandeira 33, Coimbra
casa@caminhos.info :: 911 081 317‬ (chamada para a rede móvel nacional)

Programação sujeita a alterações. Atualização em permanência em caminhos.info/agenda

 

Additional Information

Sessões

17 jul QUA 19:15

Também pode gostar…

  • Passe 10 Sessões

    45,00 
    Adicionar