Pedro Magano Realizador

Pedro Magano (Ílhavo,1981), estudou Tecnologias da Comunicação Audiovisual no Porto, na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo (ESMAE) acabando a licenciatura em 2007. Entre 2003 e 2008 colabora com a RTP como operador de câmara.

Como Diretor de Fotografia participou nos documentários "O Vício da Liberdade", (2011) e "Manuel António Pina - Um sítio onde pousar a cabeça" (2012), ambos produzidos pela Terra Liquida Filmes. Em 2014 colaborou no projeto ArtMénia”, da Fundação Gulbenkian, e em 2015 nas suas duas primeiras longas-metragens documentais como realizador, “Irmãos” e “A um mar de distância”.

Como realizador, Pedro estreou-se em 2007, com a curta-metragem no âmbito escolar “Logo hoje”,obtendo o Prémio Competição de Avanca, no Festival Internacional de Cinema de Avanca. Seguiu-se a média-metragem documental "Era Uma Vez no Iraque" (2014) sobre o atentado à base militar em Nassíria, em 2003. “Irmãos” é a primeira longa-metragem de Pedro, um documentário sobre as romarias de São Miguel, que obteve o Grande Prémio do Festival Caminhos do Cinema Português (PT, 2015), o Lince de Ouro de Melhor Documentário no Fest – New Directors FilmFestival  (PT, 2016), foi selecionado em vários festivais, entre eles, no Festival Filmes do Homem(PT) e no Festival Internacional de Cinema Documental de Ciudad de México - DOCS MX. “Irmãoschegou também a Cabo Verde, Moçambique e EUA, foi convidado a participar no Mercado do Festival Visions du Réel  (2016) e recentemente foi lançado em DVD pela Real Ficção. Em 2016 foi a estreia de “A um mar de distância”, segundo documentário, rodado entre o Canadá e Portugal, sobre as sepulturas esquecidas dos pescadores de bacalhau portugueses. Este filme recebeu uma Menção Honrosa no Festival Caminhos do Cinema Português, foi exibido na Mostra de Cinema Português Contemporâneo de São Paulo (BR), no Festival de Curtas-metragens dos Açores (PT)  e no Festival de Cinema Português de Moscovo (RUS), antes de ter a sua estreia na RTP Internacional e no Portuguese TV Channel (EUA). 

Atualmente, o realizador está a finalizar a pós-produção da curta-metragem de ficção, “Luana”, e a desenvolver um novo documentário para 2018 entre Portugal e EUA.