História e Linguagem do Cinema

29 de Novembro

RESUMO

A formação, na medida em que combina história e linguagem fílmica, foi pensada para articular essas duas dimensões, apresentando a constituição e evolução da linguagem do cinema a par dos grandes momentos da sua história: o pré-cinema e o cinema primitivo, os fundadores, o cinema clássico, a transição neo-realista para a Nouvelle Vague e para as várias formas de pôr em causa o modo de produção e de rodagem herdados do período clássico, terminando numa breve discussão da questão do pós-cinema. Os elementos definidores da linguagem do cinema – enquadramento, plano, cena, sequência, etc. – serão pois abordados na sua ocorrência e evolução ao longo da história do cinema, tendo como pano de fundo a grande questão das relações que o cinema sempre manteve quer com a evolução da tecnologia (de que os casos mais espectaculares são a chegada do som, da cor e do digital), quer com a economia que sustenta o aparato de produção e distribuição do negócio que o cinema também é. A formação terá uma estrutura narrativa, já que se trata de contar uma história, e uma didáctica apoiada em exemplos, ou seja, em excertos de filmes a exibir e a comentar (recorrer-se-á a um conjunto de obras canónicas da história do cinema, ou seja, filmes que é fundamental conhecer) Para cada unidade temática serão distribuídas Notas da autoria do formador, visando sistematizar a informação transmitida. Serão distribuídas ainda algumas obras de referência para quem se inicia no estudo do cinema, na íntegra ou seleccionando capítulos. Notas do formador e bibliografia serão disponibilizadas em pdf.

PLANO DA SESSÃO

1 — Do pré-cinema ao cinema primitivo.
2 — A elaboração da linguagem cinematográfica: enquadramento, plano, cena, sequência, movimentos de câmara, profundidade de campo, campo e fora de campo.
3 — O impacto do som no cinema: som diegético e não-diegético, o advento do som directo, a voz humana e o papel da palavra no cinema.
4 — O cinema clássico e o dispositivo da transparência
5 — A Nouvelle Vague e o ataque à transparência
6 — O digital e o pós-cinema

DATA & LOCAL

29 de Novembro
9:00 — 18:00
8 horas

Colégio de São Jerónimo, Pólo 1
Universidade de Coimbra

Admissão

CondiçãoPreçoData de Inscrição
Sócios CEC & Juniores35 €2015/11/19
Estudantes55 €2015/11/19
Público Early Bird55 €2015/11/19
Público Geral70€2014/11/21
Inscrição

Formador

Osvaldo Manuel SilvestreProfessor

Osvaldo Manuel Silvestre é professor do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Doutorou-se em Teoria da Literatura e tem leccionado disciplinas de literatura nas licenciaturas em Línguas e Literaturas Modernas e em Português e nos doutoramentos em Literatura de Língua Portuguesa e em Materialidades da Literatura.

Osvaldo Manuel Silvestre

Outros Módulos

  • Argumento 2

    Argumento 2

    Com base nos argumentos criados pelos alunos durante o módulo de Argumento 1, esta segunda fase irá concentrar-se no fundamental processo de reescrita.
    ---
    20 e 21 de Dezembro 2014
    Sócios CEC & Juniores 50€
    Estudantes 60€
    Early Bird 75€
    Público Geral 100€

  • Argumento 1

    Argumento 1

    O argumento é a base de qualquer projecto cinematográfico. Sem a palavra escrita, não há nada para produzir, interpretar ou realizar. O módulo de Argumento I oferece aos formandos as ferramentas necessárias à escrita de um guião para curta-metragem.
    ---
    6 & 7 de Dezembro 2014
    Sócios CEC & Juniores 50€
    Estudantes 60€
    Early Bird 75€
    Público Geral 100€

  • História e Linguagem do Cinema

    História e Linguagem do Cinema

    A formação, na medida em que combina história e linguagem fílmica, foi pensada para articular essas duas dimensões, apresentando a constituição e evolução da linguagem do cinema a par dos grandes momentos da sua história: o pré-cinema e o cinema primitivo, os fundadores, o cinema clássico, a transição neo-realista para a Nouvelle Vague e para as várias formas de pôr em causa o modo de produção e de rodagem herdados do período clássico, terminando numa breve discussão da questão do pós-cinema.
    ---
    29 de Novembro 2014
    Sócios CEC & Juniores 35€
    Estudantes 55€
    Early Bird 55€
    Público Geral 70€

  • Equipas, Financiamento e Aspectos Legais

    Equipas, Financiamento e Aspectos Legais

    A divisão da equipa de cinema por sectores e áreas específicas de trabalho é o sistema mais eficaz para conseguir organizar uma tarefa de elevada complexidade que é a produção de um filme. A existência de um labor minucioso, sensível, ético e político durante a produção de um filme é algo que não é visível ao assistirmos à sua projeção numa sala de cinema. Quanto mais subtil e sólido for este trabalho, mais destacado é o seu valor, que ironicamente é celebrado através da sua aparente inexistência.
    ---
    13 & 14 de Dezembro 2014
    Sócios CEC & Juniores 35€
    Estudantes 55€
    Early Bird 55€
    Público Geral 70€