Vem fazer este filme

Criar e produzir cinema é um caminho cheio de encruzilhadas de escolhas e decisões. No fim, o caminho será a aprendizagem e a destreza para trabalhar em equipa com um objetivo em comum: uma obra cinematográfica que abre novos caminhos, como há 500 anos os portugueses desbravavam caminhos. Como guia para a criatividade, o poema de Sofia apresentado pela Universidade de Coimbra, será o mote de inspiração para a próxima produção cinematográfica do Curso de Cinema ‘Cinemalogia’; Horizonte Artificial, um enredo em torno dos caminhos da ficção. Almeja-se similarmente às produções de anos transactos, criar um filme capaz de traçar o seu próprio caminho pelo circuitos internacionais de festivais, em especial nos eventos de cariz estudantil. É uma oportunidade de promover o talento dos nossos alunos, formadores e a capacidade de o curso entrosar temáticas específicas da arte cinematográfica mediante os vários prismas apresentados ao longo do curso.

A rodagem é o próximo desafio. É a etapa fulcral onde a pré-produção e o conhecimento teórico se encontram com a produção efectiva da obra fílmica, sendo agora necessário responder a todas as necessidades estéticas e artísticas, sem menosprezar as condições técnicas e logísticas, possíveis de atingir num de âmbito formativo, atendendo à especificidade do guião definido pelos alunos. Começamos pela definição dos potenciais locais de filmagem, dos cargos e responsabilidades de cada membro da equipa até ao planeamento de cada dia de rodagem. A 23 de março chegamos à escolha nossos intérpretes num casting aberto à comunidade. Nesse casting os formandos, em ambiente formativo orientado por Nuno Rocha, terão a difícil decisão de escolher quem é quem na sua história. Até 20 de março pode concorrer ao nosso casting.

Na rodagem desta curta é determinante a aplicação de todos os conhecimentos adquiridos pelos formandos nos módulos anteriores e o seu desenlace será o material necessário para prosseguir os trabalhos nas etapas da Pós-Produção e Distribuição do Curso de Cinema – Cinemalogia.  As restantes etapas da fase de Rodagem do curso de cinema Cinemalogia, são orientadas por Emídio Buchinho, na Direção de Som, Lee Fuzeta – Vencedor em 2019 do Prémio AIP Melhor Fotografia em Documentário SONY – na Direção de Fotografia, Isabel Silva, Margarida Augusto, Martim Santos e Tiago Santos na Direção de Produção e Sebastião Salgado – Prémio Melhor Realização na 23.ª edição dos Caminhos do Cinema Português na Realização.

O curso de cinema, Cinemalogia, deixa o repto e convida a população da cidade a assistir e a participar, no processo de transformar uma ideia em filme. Olhando ao interesse e curiosidade generalizada na participação na produção de um filme, a organização proporciona uma inscrição em todos os módulos constituintes desta etapa – 128 horas, 8 módulos – com um desconto de 25% face à totalidade dos módulos desta etapa. Esta produção vem uma vez mais completar o papel de divulgação e promoção do cinema português, que o festival Caminhos do Cinema Português sempre assumiu, abrindo portas, mas do que ao consumo cultural, às experiências.


As inscrições são limitadas e decorrem em www.caminhos.info/cinemalogia/inscricao