Caminhos do Cinema Português

Fernando Alvim e Filomena Cautela apresentam Cerimónia de Entrega de Prémios

A cerimónia de entrega dos prémios da XIX edição do festival Caminhos do Cinema Português vai contar com a apresentação do comunicador Fernando Alvim e da actriz e apresentadora Filomena Cautela. O evento acontece no dia 18 de Novembro, domingo, às 22 horas, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra.

 

Fernando Alvim começou a actividade na rádio com 17 anos e desde então nunca parou: passou pela Rádio Press, TSF, Rádio Energia, Rádio Nova, Nova Era e aos 24 anos sai do Porto e vai para Lisboa. Iniciou a sua actividade televisiva no “TopRock”, na TVI, ao lado de Mariana Amaral Pedro Marques e Vanda Miranda. Um ano e meio depois, transfere-se para o “Curto Circuito” onde se junta a Rui Unas e Rita Mendes com os quais divide a partir daí a apresentação. Pelo meio, apresenta durante mais de dois anos o magazine de cinema “CineXL” com Nuno Markl, e com o mesmo, interrompe a apresentação do CC para se dedicar ao seu primeiro projecto televisivo a partir de uma ideia original sua: “O Perfeito Anormal”. Depois do CC e do “Prazer dos Diabos”, Fernando Alvim apresentou o “Boa Noite Alvim” na SIC Radical, um programa da sua autoria que teve depois continuidade na Speaky TV. Actualmente apresenta o programa “5 para a Meia-Noite”, na RTP e o programa na Antena 3 “Prova Oral”. Tem projectos como a Revista 365, o livro “Alvim – 50 Anos de Carreira” e dinamiza o Festival Termómetro Unplugged.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

<

p style=”text-align: justify;”>Filomena Cautela é actriz e apresentadora. Actualmente apresenta o programa “Cá Estamos”, na TV Globo Internacional Portugal e “5 para a Meia-Noite” na RTP. Está também em ensaios para um monólogo inspirado na vida e obra de Janis Joplin. Faz ainda o programa de rádio “5 Para o Meio-Dia” em conjunto com os outros apresentadores do “5 Para a Meia-Noite”, na Antena 3. É actriz de séries como “Depois do Adeus”, “República”, “Cidade Despida”, “Casos da Vida”, “Chiquititas”, “Aqui não há quem viva”, “Vingança” e “Morangos com Açúcar”.