Caminhos do Cinema Português

Ao 2º Dia

 

 

<

p style=”text-align: justify;”>Os Caminhos do Cinema Português arrancaram no dia 9 Novembro com a sessão que teve lugar no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. No entanto, pôde assistir-se, no dia 10 Novembro, segundo dia do Festival, a duas sessões, às 17h30 e às 22h00 no Teatro Académico de Gil Vicente, a Secção Competitiva do Festival.

A secção dos Caminhos Juniores também começou, às 10h, com a participação de 17 escolas do Distrito de Coimbra. A Sapo e a TMN Kids ajudaram à animação com disfarces e brindes permitindo às crianças aliar o cinema à brincadeira. Entre vários filmes didácticos, a pequenada assistiu a Curtas-Metragens como o “Gingas”, “Afonso Henriques, o primeiro Rei” e “O Relógio de Tomás”.

Do documentário à animação, a sessão da tarde ofereceu ao público a abordagem de variados temas: do amor ao “retrato da geração nascida em Portugal pela Revolução de Abril”, passando pelas aventuras de um rapaz escondido “numa caravela rumo a África” numa história de bruxas e magia.

À noite, os Caminhos do Cinema Português dedicam-se ao amor, ao “amor que pode acontecer quando menos esperamos” e ao “amor incondicional”. Desde a história sobre um encontro em “O Amor Acontece” (argumento e realização de João Manso), ao amor incondicional de uma mãe pela sua filha, de uma tia pelo seu sobrinho e do que elas estão dispostas a sacrificar para os salvar em “Sangue do Meu Sangue” (argumento e realização de João Canijo).
Não perca ainda a secção de Ensaios Visuais, que às 17h30 no Centro Cultural D. Dinis, e o Cinema Mundial, dedicado ao cinema brasileiro, às 22h00, no Mini-auditório Salgado Zenha.