Caminhos do Cinema Português

4 – Cinematografia em Cinema Digital

4. Workshop de Introdução à Cinematografia para Cinema Digital

Programa/Estrutura-
-Cinematografia?:
História: A técnica;A cinematografia funcional, (encarada como técnica);A cinematografia ascende ao estatuto de arte;A importância da cinematografia para a narrativa visual contemporânea.
O papel do cinematógrafo; A equipa de imagem; A pré-produção; A produção; A pós-produção;

-A luz: A natureza da luz; Controlo e manipulação da luz
-A captura da luz: Noções básicas de fotografia; A Camâra; As lentes; O suporte de captura:Filme; Digital; Formatos;
-Design de luz: O mood; Abordagem pictoralista; Abordagem naturalista; Low-key vs. High-key; O léxico de uma Linguagem da Luz; O set-up base; Design criativo;
-O look;
-Linguagem e dinâmica de camâra;
-A cinematografia e o argumento;
-A interdependência entre cinematografia e direcção de arte/design de produção;
-Diferentes estilos de narrativa visual;
-Exercícios de design de luz (interiores); O Set-up base; Set-up High-key; Set-up Low-Key; Design de Luz Motivada; Design criativo; Low budget lighting;
-Exercícios de design de luz (exteriores);
Considerações básicas para filmagens exteriores;
As limitações e respectivas soluções para as filmagens exteriores;

Datas e Horários
Dias 22 e 23 de Novembro de 2010
das 10h às 13h e das 14h às 18h
Local – Sala de Ensaios do Orfeon Academico

Formador-
Miguel Matias Alves
Mestre em Som e Imagem pela Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa em 2007, com especialização em Televisão.
Em 2006 conclui o curso de realização cinematográfica pela New York Film Academy. Recebe uma menção honrosa no 4º Festival de Audiovisual Black & White (2007) pela realização do filme “Por um Fio”.

É convidado a ocupar o cargo de supervisor da cinematografia dos trabalhos finais da especialização em Televisão do curso de Som e Imagem em 2007.
É docente e co-autor do workshop Introdução à “Direcção de Fotografia para Cinema”, integrado no plano de Cursos de Verão da Universidade Católica Portuguesa em 2008. Responsável pela realização e cinematografia de diversas curtas-metragens independentes, destacando-se “Dia de Cão” (2008), uma produção da Filbox que se assume como a primeira curta-metragem portuguesa concebida especificamente para o formato mobile.

Actualmente desenvolve intensa actividade enquanto freelancer colaborando com diversas produtoras como a Alfandega Filmes; Digital Frame e Filbox. Mais recentemente realizou a direcção de fotografia para a gravação do espectáculo ao vivo da banda Fado em Si Bemol.

Preço –
Público em Geral 50,00€
Estudantes/ Sócios CEC/AAC 40,00€
A inscrição em qualquer acção de formação garante acesso a todas as sessões do festival a título gratuito.

Limite de Participantes –
20