Caminhos do Cinema Português

Caminhos Juniores

Iniciou-se ontem, dia 23, a secção Caminhos Juniores, parte integrante dos Caminhos do Cinema Português, e que consiste numa série de sessões matinais, dedicadas aos mais novos, e que se realizarão no Teatro Académico Gil Vicente, nos dias 24, 26 e 27. Serão exibidos vários filmes, grande maioria do formato curta-metragem de animação, que têm como público-alvo crianças entre os 3 e 10 anos. Porém, tal não significa que adultos não sejam permitidos. No programa, que conta com um leque de realizadores de renome nacional e internacional, há óptimos exemplos de filmes de animação, para todos os gostos.
 

Iniciativas como esta são importantes na medida em que permitem criar nas crianças já desde os primeiros anos o gosto de ir ao cinema. Estas sessões servem também como exemplo de como o cinema pode muitas vezes ser um óptimo instrumento de auxílio à educação. Hoje em dia, muitos filmes infantis, e tal não se limita aos de animação, têm sempre uma especial atenção em se criar neles uma dimensão educativa. Assim, acabam então não só por entreter o público mais jovem, como imprimem igualmente um sentido educacional, seja para uma vertente mais social/moral, seja para fins escolásticos.
Porém, actualmente, a maioria dos institutos educacionais parece não compreender que através das artes criativas actuais, entre os quais conta-se não só o cinema, mas também a música e o teatro, existe sempre um poderoso instrumento educacional. Infelizmente, tais artes são entendidas sobretudo como actividades recreativas. E, se bem que tais artes dão a entender que procuram sempre entreter ou distrair os públicos, a verdade é que há, dentro delas, um lado positivo que tais públicos podem retirar, uma lição ou sentido profundo a apreender e aprender, não a ignorar.
Ao cinema, mesmo sendo uma arte recreativa, é-lhe impossível esconder o seu fundamento educacional. E tal sentido educativo é especialmente latente nos filmes apontados para um público infantil. E, se bem que o público mais novo se encontra hoje mais inclinado para espectáculos televisivos, é indiscutível que uma ida ao cinema é sempre algo mais único do que ficar fechado em casa a ver televisão. Assim, neste aspecto, os Caminhos Juniores são sem dúvida uma boa aposta, não só para os mais novos, mas também para os seus educadores. Pode ser que aprendam algo.